Startup de jogos cria "Campus Survivor", game inspirado na Campus Party

Por Stephanie Hering | 06 de Fevereiro de 2014 às 15h30

Faz quatro dias desde que se encerrou a Campus Party Brasil 2014, sétima edição do evento em São Paulo que reuniu tech entusiastas, geeks, nerds e gamers. Para alguns, ainda é tempo de "depressão pós Campus Party", o que leva os campuseiros a fazerem retrospectivas.

Se você é uma dessas pessoas que já está com saudades do evento, pode relembrá-lo com o Campus Survivor, jogo recém-lançado pela startup Contra Labs que homenageia a Campus Party. Para quem não sabe, "survivor" em inglês significa "sobrevivente", palavra comum entre os participantes da Campus após sete dias.

O game simula o espaço aéreo da última Campus Party, incluindo os palcos das palestras, o "aquário" da Vivo, Open Campus e até mesmo a área do camping. O objetivo parece simples: sobreviver ao máximo de dias possíveis, acumulando conhecimento, diversão e, ao mesmo tempo, sem deixar de realizar atividades básicas de qualquer ser humano, isto é, higiene, alimentação e uma boa noite de sono.

Campus Survivor

Para quem já foi campuseiro ou só mesmo visitou a CP, sabe o quão é difícil balancear todas essas ações. No jogo, isso não é diferente. Controlado pelo dedo (ou o mouse, na versão para web), basta clicar sobre os locais para ver diferentes opções de interação, como por exemplo, urinar, defecar ou escovar os dentes no banheiro. Em poucos segundos jogando, já é possível assistir a alguma das barras de atividade ficando vermelhas, até que elas sejam controladas (ou não).

Campus Survivor

Segundo Victor Cardozo, sócio fundador da Contra Labs, a ideia surgiu durante a própria Campus deste ano, quando a empresa participou da Startup and Makers e ele também acompanhou o evento como campuseiro. "Tudo que colocamos no game foi fruto tanto experiências próprias quanto de relatos dos campuseiros. Eram sobre a dificuldade de encontrar um banheiro, sobre o calor, sobre a água, sobre as diversões, perturbações e as baladas da noite. Enfim, tinha diversas coisas boas e também coisas ruins", explica.

Ainda de acordo com Victor, o game, que tem inspirações no The Sim's e Game Dev Tycoon, foi desenvolvido em cerca de 48 horas, para ser lançado durante o evento, o que por sua vez, trouxe como consequência algumas defasagens naturais. "Fizemos o jogo no curto espaço de tempo de dois dias para conseguir lançar durante o evento. Conseguimos, mas para isso tivemos que deixá-lo o mais simples possível e sabemos que ele tem muito que melhorar e ajustar".

No total, são nove atributos que devem ser gerenciados: fome, sede, banheiro, higiene, sono, diversão, conhecimento, social e dinheiro, sendo que este último vai diminuindo a cada vez que você toma um café (R$ 3), lancha (R$ 10), ou ainda decide comer no restaurante (R$ 25). Cada usuário recebe R$ 300 ao iniciar o game.

Além disso, é possível escolher entre dois modos: "normal", que segue a agenda real de todo o evento e "infinito", no qual ocorrem atividades aleatórias e o objetivo é sobreviver ao maior tempo possível.

Campus Survivor

Por enquanto, o Campus Survivor só está disponível para dispositivos Android ou para simulador na web, contudo, dependendo da aceitação do público, pode chegar a dispositivos iOS. "O processo para publicar na App Store demora cerca de 2 semanas, então se a aceitação no Android estiver indo bem, com certeza publicaremos por lá também", afirma Victor.

O app ainda não possui nenhuma forma de monetização, entretanto, esta não é a prioridade da Contra Labs. "Antes de criarmos formas de monetizar, gostaríamos de inserir algumas coisas novas no jogo, como conquistas, novas possibilidades, mais eventos, entre outras ideias. Vamos ouvir os usuários, acompanhar os comentários, os reviews e, a partir disso, evoluir e atualizar", conclui Victor.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.