Fundador da Campus Party volta a sugerir edição do evento no Rio de Janeiro

Por Redação | 09 de Fevereiro de 2015 às 16h14

A oitava edição da Campus Party Brasil mal terminou e o cofundador e presidente global do evento, Paco Ragageles, já provocou os campuseiros nesta segunda-feira (9). Em seu perfil do Twitter, o executivo sugere uma possível edição do evento no Rio de Janeiro.

"Em outubro Rio... #cpsamba? ;) #ragaleaks", escreveu Ragageles no microblog. Apesar de curta, a mensagem já começou a causar especulação no Twitter e também no principal grupo do evento, que reúne cerca de 12 mil campuseiros e participantes no Facebook, que já começaram a usar a hashtag #CPRio.

Campus Party Rio de Janeiro

Essa não é a primeira vez que o fundador do evento dispara um "#ragaleaks" sobre a possibilidade de realizar uma Campus na capital fluminense. Em julho do ano passado, Paco também usou o Twitter para postar uma foto no Rio de Janeiro afirmando que o movimento para uma Campus na cidade "ainda estava vivo". Em 2013, Mario Teza, até então diretor-geral da Futura Networks, empresa responsável pela Campus Party, também afirmou em uma entrevista que o evento poderia ser trazido ao Rio pelo empresário Eike Batista.

Por enquanto, apenas São Paulo e Recife receberam o evento. A oitava edição na capital paulista terminou neste sábado (7) e sua terceira edição na capital pernambucana, no ano passado. O Canaltech entrou em contato com a organização da Campus Party Brasil, que ainda não comentou o assunto.

#CPBR8

A Campus Party Brasil foi fechada oficialmente no sábado (7), após mais de 700 horas de atividades. Ao todo, 8 mil campuseiros de todos os estados brasileiros e de 21 países se reuniram no Expo São Paulo para aproveitar a internet ultrarrápida de 50 GB. Entre os destaques do evento estiveram o neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis e o ator Paul Zaloom, intérprete de O Mundo de Beakman.

Os dados oficiais do evento foram divulgados nesta segunda-feira: no total, 71% dos participantes foram da faixa de 18 a 29 anos, seguidos pela faixa de 30 a 39 anos (17%), 40 a 49 (4,6%) e abaixo de 18 anos (4,2%). São Paulo foi o estado com mais campuseiros (46%), seguido de Minas Gerais (10%), Rio de Janeiro (9%) e Bahia (7%). O evento também contou com visitantes de países como Colômbia, Espanha, Estados Unidos e México.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.