DJI e Hasselblad criam um drone fotográfico profissional

Por Redação | 14.07.2016 às 06:43

O primeiro fruto da união da Hasselblad com a DJI começa a surgir: é o drone fotográfico A5D-M600, que conta com uma câmera de médio formato para levar a outro nível a fotografia aérea. O produto combina a versão Aerial da câmera de médio formato A5D com o drone Matrice 600.

A intenção da DJI com a novidade é “unir esforços para criar uma solução aérea completamente integrada e otimizada”, além de “disponibilizar uma plataforma equipada com as melhores óticas aéreas e sensores de imagem com o mais confiável dos drones para uso profissional”, segundo a companhia.

A5D-M600

O A5D-M600 conta com o sensor CMOS de 50 megapixels da A5D Aerial, que filma em Full HD e inclui uma modificação da objetiva de 50mm com abertura focal de 3.5 com foco fixado no infinito. A câmera também conta com a tecnologia Natural Colour Solution (HNCS), que otimiza as cores de maneira que o resultado final seja ainda mais bonito. Para impedir que partículas de poeira entrem e se acumulem no sistema da câmera e das lentes, a A5D Aerial foi fabricada com um selo que veda qualquer abertura. Completando a construção do drone fotográfico, o M600 é um dos modelos mais caros de drones da fabricante chinesa e inclui tecnologias de ponta como um sistema de propulsão antipoeira, por exemplo.

Por enquanto, as fabricantes ainda não anunciaram a data de lançamento do produto, tampouco a previsão de custo para o consumidor final. Mas pelo fato do drone M600 custar quase US$ 4.500 na loja oficial da DJI, enquanto a câmera A5D Aerial não sai por menos de US$ 18 mil, o preço do drone fotográfico deverá ser bastante alto, deixando-o restrito a uso profissional.

Fonte: Hasselblad, The Verge