Passeie pelo Monte Everest em fotografia interativa com 3,8 bilhões de pixels

Por Redação | 14 de Janeiro de 2013 às 09h15

Se você adora apreciar belas paisagens, mas não faz o tipo "super aventureiro", provavelmente vai gostar muito do novo projeto do fotógrafo e alpinista David Breashears. Ele promete aos internautas um passeio mais íntimo pelo gigante Monte Everest sem precisar sair da frente do seu monitor.

Segundo David, o 'Glacier Works' vai permitir uma visão bem próxima da montanha por meio de uma imagem interativa que deve ser lançada nos próximos meses. As fotografias com muitos e muitos gigapixels (estima-se 3,8 bilhões de pixels) de resolução vão fazer o internauta experimentar as geleiras "de perto e com extrema precisão", segundo um post da página do projeto no Facebook.

David começou o projeto em 2007, e a ideia não é apenas trazer fotografias bonitas para as pessoas, mas também comparar imagens atuais da montanha com fotos tiradas há décadas, para mostrar como a paisagem mudou com o aquecimento global.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Everest antes e depois

Geleira de Rongbuk na encosta norte do Monte Everest (Imagem: Reprodução / Glacier Works)

O projeto final será feito com base em mais de 400 fotos individuais, cada uma tirada com uma lente de 300mm, explica David à NPR (National Public Radio). Quando estiver pronto, será possível ampliar a imagem o suficiente para praticamente entrar num mosteiro tibetano ou na tenda de um alpinista.

O fotógrafo também explicou à NPR que até mesmo ele, que já escalou a montanha gigante cinco vezes, ao examinar as imagens de alta resolução que conseguiu tirar, percebe coisas que nunca tinha notado antes, especialmente no que diz respeito à forma como a mudança climática afetou o local.

"Quando eu estou sem fôlego, aos 18 ou 19 mil pés, gravando as imagens, tenho pouco tempo para estudá-las e aprender com isso, e é claro que meus olhos não podem focar tanto quanto essas lentes podem", explica David.

Alpinista no Everest

Esta é a vista da aproximação do ponto em destaque na imagem abaixo

Everest
Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.