Conheça a Panono, a bola-câmera que faz fotos em 360 graus

Por Redação | 13.11.2013 às 15:19
photo_camera Divulgação

Fazer fotos panorâmicas em formato de bola sem entender um pouco de fotografia não é uma tarefa fácil para usuários comuns, mesmo que você tenha um aparelho que já venha com a opção integrada. Pensando nisso, um grupo de desenvolvedores criou uma esfera altamente resistente que registra imagens em 360 graus. O projeto foi anunciado em 2011, mas só agora busca arrecadar fundos para chegar ao consumidor.

Chamada de Panono, a bola-câmera é composta por 36 câmeras, cada uma com 2 megapixels, mede 11 cm de diâmetro e pesa apenas 300g. Diferente das máquinas fotográficas tradicionais, que utilizam lentes grande-angulares e reúnem fotos tiradas separadamente para montar imagens panorâmicas, as lentes da esfera capturam todos os ângulos ao mesmo tempo.

A ideia por trás do objeto é simples: quanto mais alto você arremessá-lo, melhor sairá sua foto. Isso graças a um acelerômetro integrado bastante sensível que sabe exatamente o momento em que a bola saiu das suas mãos, a velocidade de lançamento e quando ela atingiu seu ponto mais alto. É nessa "parada" no ar, quando a bola se prepara para cair de volta, que o eletrônico ativa o foco fixo de suas câmeras para registrar as imagens no melhor tempo possível.

Os criadores da Panono afirmam que você pode jogá-la sem medo de quebrar caso ela escape das suas mãos. O aparelho é revestido com o mesmo material usado pela GoPro, um plástico encorpado, transparente e à prova d'água. Há ainda a possibilidade de segurar o gadget e apertar um botão para tirar as fotos (assim como em máquinas tradicionais), além de poder pendurá-lo em um suporte, algo parecido ao método usado nas mochilas do Google Street View.

Todas as fotos feitas pela Panono são automaticamente transferidas para o aplicativo gratuito da marca, disponível em dispositivos Android e iOS. Como cada figura tem 72 megapixels – a resolução das 36 câmeras juntas –, fica mais fácil visualizar as imagens pelo seu tablet ou smartphone sem ter que baixá-las para o computador.

Quem se interessou pela bola-câmera pode ajudar na arrecadação da verba para torná-la possível no site de crowdfunding Indiegogo. Os desenvolvedores buscam US$ 900 mil para tornar o projeto acessível ao público. O valor mínimo para doação é de US$ 549, e dá acesso garantido à Panono assim que ela for lançada no mercado – o que deve acontecer em setembro do ano que vem.