Bot trabalha no mercado de ações pelo Facebook

Por Redação | 14 de Julho de 2016 às 11h59

O seu próximo intermediário com o mercado financeiro pode acabar sendo um robô. É essa a visão da Kasisto, que anunciou o desenvolvimento de um bot que vai permitir aos usuários do Facebook comprarem e venderem ações na Bolsa diretamente do Messenger, o sistema de chats do Facebook. O lançamento está previsto para os próximos meses.

Caso o nome da responsável pelo sistema não te lembre ninguém, você com certeza se lembrará de uma de suas maiores criações: a Siri, a assistente de voz do iOS. A Kasisto é uma spin-off da SRI International, que desenvolveu a assistente pessoal do iPhone e agora pretende usar as mesmas bases para criar a plataforma que torna mais dinâmica e direta a negociação de ações.

A inteligência artificial será integrada à API TradeIt, que já é usada para realizar transações de qualquer lugar. Assim como a plataforma em si, o robô estará disponível apenas para quem já é assinante das soluções de negociação de ações da Kasisto, e eles passam, agora, a contar com uma alternativa ainda mais simples para realizar esse trabalho. Bastaria pedir que a máquina comprasse de uma determinada empresa, ou vendesse outra, para que todo o processo acontecesse.

O robô, entretanto, não entrega informações diretamente, já que esse é um trabalho realizado por um outro bot, também da Kasisto. O MyKAI é focado nos iniciantes e é capaz de esclarecer terminologias do mercado financeiro, além de permitir a configuração de alertas sobre certos valores em ações que o usuário possua ou não, indicando quais são as melhores apostas. O controle da própria carteira também pode ser feito por ele, mas ainda não é possível utilizá-lo para comprar e vender papéis.

E nunca será, segundo a Kasisto. A ideia é mesmo criar duas soluções semelhantes, mas com propósitos distintos, uma de informação e outra de execução. Além do MyKAI, a empresa desenvolve uma segunda solução de bots exclusivamente para bancos dos Estados Unidos, que podem prestar atendimento online e resolver as dúvidas dos clientes, além de realizar operações.

Fonte: VentureBeat

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!