AMD e Tesla fecham acordo para produção de chip, e ações da Nvidia caem

Por Redação | 21 de Setembro de 2017 às 19h11

As ações da Nvidia caíram 2,81% (valor de US$ 180,68 por cota) nesta quinta-feira (21), após serem divulgadas informações de que a AMD está se associando à Tesla para desenvolver um novo chip para sua tecnologia de carros autônomos.

Já as ações da AMD ficaram praticamente estáveis, com variação negativa de 0,15% na Nasdaq. A fabricante de chips considera o acordo uma grande vitória para a empresa, que busca tirar a Nvidia do domínio nesse segmento. Analistas de Wall Street, no entanto, não ficaram muito impressionados com a parceria. Tanto que a Tesla também registrou queda de 1,99%. A avaliação é que o acordo reflete uma preocupação de curto prazo, sem produzir impacto para o futuro dos carros autônomos.

A Nvidia ainda mantém um forte controle sobre o mercado e não perderá essa posição rapidamente. A Tesla representa menos de 1% do mercado automotivo atual, sendo que a Nvidia já tem parcerias com outros fabricantes de carros.

Vitória crítica

Outro ponto destacado nas análises é que o chip AMD não irá substituir o componente da Nvidia nos carros da Tesla. Esse novo chip teria funções para executar tarefas de computação específicas para o veículo, ao contrário do concorrente, que lidaria com navegação.

Por isso, a parceria com a Tesla vem sendo chamada de "vitória crítica" para a AMD, um primeiro passo para a empresa, caso ela queira realmente superar a Nvidia.

Fonte: Business Insider

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!