Queda na venda de PCs reflete nas ações das empresas do setor

Por Redação | 11 de Abril de 2013 às 18h20

O anúncio de que a venda mundial de PCs registrou a pior queda desde 1994 refletiu diretamente nas ações das companhias do setor de tecnologia. A redução de 14% nas vendas foi divulgada nesta quinta-feira (11), e na mesma tarde o valor dos papéis começou a cair.

De acordo com informações divulgadas pela agência de notícias Reuters, as ações da Hewlett-Packard (HP) caíram 6,8% no início da tarde, enquanto a Intel apresentou uma queda de 2,65% e a Microsoft recuou 5%. A HP sentiu na pele o impacto da diminuição das vendas no trimestre, já que a empresa assistiu a uma queda de 24% na venda de seus PCs durante o período. Mesmo com esses números, a empresa continua liderando o segmento, com 15,7% do mercado.

Segundo a IDC, responsável pela divulgação da pesquisa que apontou os resultados do trimestre, as vendas mundiais de PCs somaram 76,3 milhões de unidades nos três primeiros meses do ano. O resultado foi muito abaixo do esperado pela empresa, que havia previsto uma queda de "apenas" 7,7%.

Os tablets e smartphones têm sido apontados pelos analistas como os grandes vilões da história, pois, segundo eles, os consumidores estão migrando o consumo de conteúdo de PCs para esses dispositivos móveis.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.