Irmãos Winklevoss, do Facebook, planejam colocar a Bitcoin na bolsa de valores

Por Redação | 03.07.2013 às 15:00
photo_camera Época Negócios

Os irmãos Winklevoss, que ficaram conhecidos como os 'gêmeos do Facebook' depois de ingressarem em uma batalha pelos direitos de criação do Facebook com Mark Zuckerberg, acabam de lançar um novo projeto que planeja colocar a moeda virtual Bitcoin na bolsa de valores. As informações são do The Guardian.

Em abril deste ano, os gêmeos anunciaram que arrecadaram US$ 11 milhões (R$ 24,9 milhões) com a moeda virtual e, agora, eles planejam negociá-la na bolsa de valores e permitir que qualquer pessoa, mesmo aquelas que não entendem o funcionamento da Bitcoin, possam investir neste novo setor. As ações da Bitcoin devem ser colocadas no mercado com valor estimado de US$ 20,09 (R$ 45).

O objetivo do projeto dos irmãos Cameron e Tyler Winklevoss é comercializar as ações em lotes de 50 mil, que valeriam cerca de US$ 100 mil (R$ 226 mil) e seriam capazes de fazer com que o valor total do projeto se aproximasse da casa dos US$ 20 milhões (R$ 45,2 milhões).

No entanto, a entrada da Bitcoin no mercado de ações públicas ainda depende de uma série de fatores como a aprovação de órgãos regulamentadores e claro, o interesse de investidores. Os irmãos listaram alguns fatores de risco envolvendo os investimentos na Bitcoin, e o principal deles é o fato de a moeda virtual ser muito instável.