Confusão faz ações de empresa de tráfego urbano subirem 1900%

Por Redação | 20 de Janeiro de 2014 às 06h10

Uma confusão de siglas fez com que as ações da Nestor Inc. subissem 1900% durante o pregão da última terça-feira (14) na bolsa de Nova York. A empresa de 89 funcionários comercializa sistemas para multas e radares de trânsito e foi confundida com a Nest, a fabricante de termostatos e alarmes inteligentes comprada recentemente pelo Google.

Como explica o Business Insider, o erro aconteceu devido à sigla da Nestor, que é NEST, e levou muita gente a pensar que se tratava da empresa que trabalha com a Internet das Coisas e foi o centro de um negócio de US$ 3,2 bilhões. O movimento da gigante das buscas marca sua entrada no mercado dos eletrodomésticos inteligentes e tem atraído grande atenção de investidores e da imprensa especializada.

É justamente daí que decorre o engano, que levou muitos investidores a adquirirem papéis de uma empresa que, antes de ser aquecida assim, valiam US$ 0,002. Após o frenesi de compras, o valor das ações subiu para US$ 0,04, uma alta que assustou inclusive os diretores da própria Nestor.

O que parece ser uma cena de um filme de comédia sobre o mercado financeiro, porém, pode acabar tendo consequências sérias. Matt Levine, um dos especialistas que escrevem para o Bloomberg, cogitou em seu Twitter a possibilidade de Insider Trading, com investidores tendo acesso antecipado a informações sobre a aquisição que seria feita pelo Google.

Assim, tais indivíduos poderiam adquirir ações da Nestor Inc. antecipando o erro que seria cometido dali a algum tempo. Assim, eles surfariam na alta dos papéis e multiplicariam os investimentos originais. Por enquanto, porém, não existe nenhuma investigação sendo feita nesse sentido.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!