Alibaba levanta US$ 21,8 bilhões em ações

Por Redação | 19 de Setembro de 2014 às 12h39
Tudo sobre

Alibaba

US$ 21,8 bilhões. É esse o valor total que a Alibaba, a gigante asiática do e-commerce, levantou em sua oferta inicial de ações na Bolsa de Valores de Nova York, que teve início nesta quinta-feira (18). Com cotas iniciais sendo vendidas a US$ 68 cada, a empresa não garante o título de maior abertura de capital já feita na história, mas bate o recorde entre as empresas de tecnologia, deixando para trás gigantes do porte da Amazon, Twitter, eBay e Facebook.

A decisão sobre o valor inicial das ações saiu na tarde de ontem e, de acordo com as informações do jornal americano The New York Times, coloca a companhia com um valor médio de US$ 168 bilhões, mais alto que a soma do eBay, Twitter e LinkedIn. Levando tudo isso em conta, não é de surpreender que a chegada da gigante chinesa ao território ocidental esteja chamando todas as atenções do mercado financeiro global.

Sempre existe a possibilidade de que esses números cheguem a mudar, para mais, e levem a Alibaba à primeira colocação. É o que chamam de “green shoe”, um jargão do mercado financeiro que permite a ampliação na oferta inicial de ações caso a demanda se prove maior do que o total de cotas fixadas inicialmente pelas companhias e investidores. Nesse caso, mais papéis no valor de US$ 68 podem ser colocados à disposição do mercado, fazendo crescer seu valor inicial.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A antecipação pela abertura do pregão já levou muitas firmas de investimentos a prepararem altas ordens de compra para esta sexta-feira. Um fundo, em particular, separou US$ 3 bilhões de seus clientes exclusivamente para a aquisição de ações da Alibaba, na expectativa dos ganhos que devem ultrapassar a marca dos 30% apenas no primeiro dia, batendo a marca dos US$ 80 por ação.

Grandes donos de cotas da Alibaba também estão em estado de êxtase para a abertura do pregão. O CEO e fundador da empresa Jack Ma deve ver suas fortunas se transformarem em US$ 13,1 bilhões com o IPO, enquanto o Yahoo, que mantém uma bela parcela acionária na empresa, deve levar US$ 27,3 bilhões.

O mesmo vale para diversos funcionários e ex-empregados da companhia, que receberam participações nela há anos e, agora, podem se transformar em novos ricos chineses. É um movimento que, inclusive, está chamando a atenção de firmas de investimento na China, que esperam a chegada de diversos novos investidores que, empolgados com os ganhos repentinos, podem desejar entrar de cabeça no mercado financeiro.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.