Ações do Facebook sofrem queda de 10% nesta segunda e ativam circuit breaker

Por Redação | 24 de Setembro de 2012 às 21h12

Hoje (24) a novela do Facebook e de suas ações ganhou mais um capítulo. Os papéis tiveram uma queda de 10%, chegando a US$ 20,36, algo em torno de R$ 40. As ações despencaram ainda mais depois que a revista Barron's publicou uma matéria questionando o valor da empresa.

Essa queda de hoje ativou o "circuit breaker" da Nasdaq , um sistema que suspende as operações quando alguma empresa atinge um nível de negociações fora do comum.

Devido a esse declínio acentuado na bolsa, o Facebook criou uma política de compensação, onde concede mais ações para os empregados mais importantes. É uma maneira de compensar a queda no valor dos papéis na bolsa. "O CEO Mark Zuckerberg parece ter uma atitude nobre", escreveu Andrew Bary para a Barron's.

Desde que abriu sua oferta pública de ações (IPO), a rede social de Mark Zuckerberg viu o valor das ações despencarem cerca de 40%. O grande dilema da empresa é conseguir monetizar a grande quantidade de acessos via aparelhos celulares e tablets.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.