Smartphone no bolso salva a vida de empresário baleado no peito durante assalto

Por Redação | 19.09.2016 às 15:15 - atualizado em 19.09.2016 às 18:16
photo_camera Daily Mail

Muita gente tem o costume de falar que suas vidas dependem de seus smartphones, mas para o empresário sul-africano Siraaj Abrahams, de 41 anos, um incidente recente literalmente tornou isso uma realidade.

Dirigindo de volta para casa após um aniversário de um amigo na Cidade do Cabo, Siraaj foi surpreendido por uma dupla de assaltantes armados, que tentaram roubar sua caminhonete enquanto ele aguardava que o portão eletrônico de sua casa abrisse.

Quando o empresário reagiu ao assalto, um dos criminosos disparou um tiro contra seu peito, a uma distância de cerca de dois metros. Por sorte, a bala foi de encontro ao seu Huawei P8 Lite, guardado no bolso da jaqueta, desviando o impacto e salvando a vida de Siraaj.

Huawei

Siraaj mostra o buraco da bala que o atingiu durante assalto (foto: Reprodução/Daily Mail)

Siraaj foi encontrado por sua filha e levado ao hospital. O executivo conta que quando acordou, sentiu uma sensação de queimação no peito e conferiu para ver se estava sangrando, mas exames não indicaram nenhuma sequela - ainda que o coração do executivo tenha parado por alguns instantes após o tiro.

Os assaltantes conseguiram fugir após o incidente e estão sendo buscados pela polícia, mas o prejuízo foi mínimo diante do que poderia ter acontecido: só cerca de R$ 60 roubados pela dupla e um furo de bala na jaqueta.

Até o smartphone destruído não foi um problema, já que logo que ouviu a história, a própria fabricante chinesa Huawei resolveu enviar um novo dispositivos para o Siraaj - um modelo P9 Lite, uma geração mais recente do seu antigo smartphone.

Huawei

Única vítima fatal do assalto, P8 Lite foi destruído pelo tiro, mas substituído por modelo mais novo pela Huawei (foto: Reprodução/Daily Mail)

Fonte: Daily Mail, Tecmundo