Site faz com que sex toy vibre mais forte quando o preço do Bitcoin subir

Por Redação | 21 de Dezembro de 2017 às 15h33

O valor do Bitcoin subiu exponencialmente nos últimos tempos. A criptomoeda está valorizadíssima, ainda que muitos acreditem que tudo não passe de uma bolha prestes a estourar a qualquer momento. Mas, aproveitando a onda, um site de webcams sexuais decidiu criar um serviço paralelo para lá de engenhoso: ao sincronizar seu brinquedo erótico com o site, o acessório vibra cada vez mais forte quando o preço do Bitcoin subir.

Chamada BitCast, a plataforma interativa do CamSoda faz com que as pessoas enxerguem a moeda virtual com um olhar sexual, unindo o melhor dos dois mundos. Para testar a eficácia da coisa, basta que o usuário tenha algum brinquedo erótico com Wi-Fi da Lovense e, além do Bitcoin, outras criptomoedas que o serviço acompanha a valorização para gerenciar a vibração dos acessórios são a Ethereum e a LiteCoin.

Brinquedo conectado, um painel exibe, em tempo real, a valorização das criptomoedas. Então, quando o acessório estiver ligado, é só usar e deixar o BitCast gerenciar a vibração por você. A moeda subiu? O brinquedo vibra cada vez mais forte. Mas, quando o valor cair, a vibração cai junto.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Para começar a usar o serviço, é só fazer o download do app Body Chat na App Store e conectá-lo à sua conta da Lovense, fabricante dos brinquedos compatíveis, que são os seguintes modelos:

Fonte: TheNextWeb

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.