Passageiro do Uber denuncia sexo oral de prostituta em motorista durante viagem

Por Redação | 25.07.2017 às 16:42 - atualizado em 25.07.2017 às 18:29

A vida não está fácil para a Uber. Já é comum que muitos passageiros relatem maus comportamentos por parte dos motoristas do aplicativo, mas a experiência do norte-americano Aner Manuel parece ter ultrapassado todos os limites.

No dia 16 de julho, Manuel solicitou uma viagem pelo app, mas percebeu que já havia uma passageira no carro. Depois de ter verificado que não tinha selecionado a opção "UberPool", o rapaz presumiu que a mulher deveria ser algum familiar do condutor, mas depois concluiu que se tratava de uma prostituta.

"No domingo, 16 de julho, tive a viagem de Uber mais perigosa e inapropriada. Quando me aproximei, percebi que havia um passageiro no banco da frente. Eu verifiquei duas vezes para me certificar de que não selecionei o UberPool, e então me aproximei do carro. Eu presumi que poderia ser um membro da família do motorista", contou Manuel.

Tudo se tornou extremamente constrangedor quando a mulher, que estava claramente sob o efeito de drogas, começou a beijar e acariciar o motorista. Sem prestar atenção ao trajeto e sem se importar com o passageiro, o condutor voltou a sua atenção para a suposta prostituta. Como se a situação não pudesse piorar, Manuel começou a filmar a viagem e se deparou com a mulher fazendo sexo oral no motorista.

"Ela então começou a agarrá-lo e agarrá-lo. Eles começaram a se beijar e ela começou a afrouxar seu cinto. À medida que andávamos para mais longe do meu local de partida, eu não tinha ideia de onde eu estava, então eu tive que ficar no carro. Ela então começou o sexo oral. Esta foi a gota d'água. Pedi ao motorista que me deixasse sair", completou o rapaz.

Diante de toda a situação, Manuel reportou o ocorrido à Uber, que apenas reembolsou a viagem e ofereceu um crédito de US$ 10 ao usuário. "Desde que entrei em contato com a Uber, eles me reembolsaram pela viagem e me deram um crédito de US$ 10. Eles viram este vídeo e ainda estão investigando. Eles foram extremamente ruins em responder a qualquer mensagem que enviei, e exijo que algo seja feito. Isso não está bom!", finalizou Manuel.

Procurada pela imprensa internacional, a Uber garantiu que o motorista envolvido no caso já foi impedido de acessar o aplicativo: "O comportamento desse antigo condutor é terrível e não é tolerado no Uber. Assim que esta situação nos foi relatada, imediatamente removemos o acesso desse motorista."

A companhia afirmou, ainda, que o caso está sob investigação. Segundo as informações, quando Manuel saiu, o motorista pediu desculpas e ainda solicitou uma boa classificação no app. O vídeo gravado pelo usuário pode ser assistido clicando aqui.

Via DailyDot