Garoto ameaça mosquito em postagem no Twitter e é banido do microblog

Por Redação | 30 de Agosto de 2017 às 15h44

Ao que parece, o Twitter não brinca em serviço quando o assunto é bloqueio de publicações de ódio e ameaças. Porém, desta vez o microblog exagerou um pouco na dose e acabou desativando a conta de um usuário devido a um motivo um tanto quanto questionável.

Segundo o site SoraNews24, um usuário japonês relatou recentemente que teve a sua conta banida após criar um tweet em que ele ofendia um mosquito, dizendo no fim da postagem que o inseto "já estava morto".

"Maldito! O que você ganha me mordendo inteiro enquanto estou apenas tentando relaxar e assistir TV? Morra! (Na verdade, você já está morto)"

Um pouco depois da publicação do tweet, o garoto foi surpreendido com a seguinte mensagem do Twitter:

“Obrigado por usar o Twitter. Sua conta foi congelada porque ela foi usada para enviar mensagens contendo ameaças. Tweets contendo ameaças não são permitidos de acordo com nossos termos de uso. Essa conta não pode ser reativada. Obrigado pela compreensão”

Inconformado com o banimento, o usuário criou uma conta nova e publicou o seu descontentamento com a decisão do microblog:

"Minha conta foi permanentemente congelada após eu dizer que eu matei um mosquito... isso é uma violação?"

Sistema anti-abuso do Twitter

É provável que o garoto foi banido devido ao "sistema anti-abuso" do Twitter, que detecta automaticamente palavras e comportamentos inadequados e realiza o bloqueio de contas de forma automática. Considerando este cenário, os scripts de programação devem ter identificado as palavras "maldito", "morra" e "morto".

Este tipo de medida foi adotado pelo microblog para evitar casos de cyberbulling. Nos últimos anos, o número de incidentes deste tipo tem aumentado consideravelmente no Twitter, levando a empresa a implementar medidas mais rigosas no sistema de moderação de conteúdos.

Fonte: Mashable, SoraNews24