Foto mostra "cadáver" passando pela segurança de aeroporto nos EUA

Por Redação | 17 de Maio de 2016 às 13h01

Uma imagem inusitada foi compartilhada no feed da Administração de Segurança nos Transportes (TSA, na sigla em inglês), um órgão do governo americano responsável pela fiscalização nos aeroportos dos EUA. Em vez de maletas, mochilas e os eventuais itens proibidos, os funcionários do aeroporto de Atlanta se viram em uma situação inusitada quando um “cadáver” foi submetido para inspeção de bagagem.

O corpo em decomposição, claro, não era de verdade, mas sim uma peça cenográfica de Leatherface, o novo filme da franquia O Massacre da Serra Elétrica, que vai contar as origens do maníaco que o intitula. A vítima do assassino foi escaneada normalmente, como qualquer outra bagagem, e transportada para a aeronave em uma cadeira de rodas.

Trata-se da primeira vez que um item desse tipo passou pela segurança do aeroporto de Atlanta, e também um dos únicos itens cujo despacho foi permitido sem que estivesse dentro de algum tipo de embalagem. Não se sabe, entretanto, se o “corpo” foi transportado como bagagem de mão, sentado junto aos passageiros, ou no compartimento de bagagem.

Com uma história que se passa nos anos 1970, Leatherface vai contar a história de um adolescente que, mais tarde, se transformaria no violento maníaco da serra elétrica. Ele foge de um sanatório junto com outros quatro internos levando uma enfermeira como refém. Em meio a uma família completamente insana e sendo caçado por um policial igualmente violento, o longa deve mostrar as origens da psicopatia que criou um dos assassinos mais conhecidos do cinema.

O filme deve ser lançado nos Estados Unidos ainda neste ano. A direção é de Alexandre Bustillo e Julien Maury, e no elenvo, estão Sam Strike, Sam Coleman, James Bloor, Jessica Madsen e Stephen Dorff.

Fonte: TSA (Instagram)

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.