Mulher levou cinzas do marido à operadora para poder cancelar plano de telefonia

Por Redação | 18 de Novembro de 2014 às 10h41
photo_camera Foto: Divulgação

Cancelar uma linha de telefone não é tarefa fácil aqui no Brasil. Quando não é problema no sistema, é a insistência do atendente ou uma burocracia que chega a ser cansativa. O que pouca gente sabe é que esse tipo de problema não acontece só por aqui.

Maria Raybould, de 56 anos, perdeu o marido após uma luta contra um câncer em agosto deste ano, em Cardiff, capital do País de Gales. Depois de todo o procedimento de contratação de funeral e crematório, a viúva separou um tempo para resolver as situações pessoais do falecido marido - e foi aí que a novela teve início.

Segundo o Daily Mail, David Raybould pagava o valor de £ 26, aproximadamente R$ 106, por um plano da T-Mobile para o seu Samsung Galaxy S III Mini. O plano, claro, não fazia mais sentido para a viúva, que resolveu entrar em contato para cancelá-lo um dia após a morte de David. Ao invés de resolver toda a situação de maneira rápida, a T-Mobile pediu que um atestado de óbito fosse apresentado para que o cancelamento fosse concluído.

O procedimento acabou se tornando um pesadelo para Maria, que passou a receber diversas cartas da operadora. Algumas diziam que oficiais de justiça iriam visitar a residência e outras traziam ofertas de novos planos. Depois de ir várias vezes a uma loja levando documentos como atestado de óbito, cartas do crematório e contas do funeral, Maria se desesperou, colocou a urna com as cinzas do marido debaixo do braço e a levou para comprovar de uma vez por todas que o marido estava morto.

Três meses e uma tonelada de cartas, cobranças e avisos de inadimplência depois, o engodo finalmente chegou ao fim quando um porta-voz da operadora entrou em contato com Maria pedindo desculpas por todo o inconveniente do processo de cancelamento automático e confirmou que a linha havia sido cancelada. Com o problema resolvido, o pobre David finalmente poderá descansar em paz.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.