Matemático que tinha 1 em 285 mil chances de encontrar um amor está noivo

Por Redação | 28 de Maio de 2013 às 07h00

Encontrar o par perfeito pode não ser muito simples. Mas, acredite, ainda há esperança. O inglês Peter Backus, que havia provado cientificamente que ele tinha apenas 1 chance entre 285 mil de encontrar o amor da sua vida está, finalmente, noivo. A notícia saiu no CNET.

Em 2010, quando trabalhava na Universidade de Warwick, na Inglaterra, Backus escreveu um artigo científico, intitulado 'Why I Don't Have a Girlfriend' (Por que eu não tenho namorada, em tradução livre), utilizando a Equação de Drake - equação esta usada para fazer uma estimativa do número de civilizações existentes no Universo - para calcular suas chances de encontrar alguém. Na época, o matemático estava há três anos sem namorada e seu estudo provou que, com todas as suas exigências, seria complicado arrumar uma namorada.

Peter Backus queria que sua namorada tivesse formação acadêmica e que ela fosse inteligente o bastante para que ele pudesse discutir seu trabalho com ela. Até aí tudo bem, mas o mais preocupante foi que ele constatou que iria se sentir atraído por apenas uma em um grupo com 20 mulheres com sua faixa etária e claro, com diploma universitário. Ao final, ele concluiu que apenas 10.510 mulheres em todo o Reino Unido seriam capazes de preencher seus pré-requisitos.

O estudioso também identificou que as chances dessas mulheres estarem solteiras ou se interessarem por ele eram muito baixas, e, assim, ele teria apenas 1 chance em 285 mil. Parece impossível? Pois ele encontrou Rose, sua noiva. "Foi apenas um encontro casual, um amigo de um amigo", afirmou Backus sobre como ele acabou conhecendo sua cara-metade.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!