LivesOn: agência cria serviço para usuário continuar tuitando mesmo após a morte

Por Redação | 05 de Março de 2013 às 12h25

Você já pensou o que vai acontecer com os seus perfis nas redes sociais depois que você morrer? Bom... Talvez seja melhor ir pensando nisso. Uma agência de propaganda no Reino Unido decidiu criar um sistema de inteligência artificial que permite que os usuários do Twitter continuem enviando mensagens para seus seguidores mesmo depois de mortos, o LivesOn.

A agência Lean Mean Fighting Machine, responsável pelo novo sistema, afirmou que o LivesOn é capaz de analisar as preferências do usuário, temas mais comentados, opiniões, posição política, preferência musical, orientação sexual e até a maneira como ele escreve, tudo isso enquanto ele estiver vivo. Quando chegar a hora de partir, o serviço já terá analisado todas as preferências do tuiteiro e ele ainda poderá nomear um 'executor', ou seja, uma pessoa que será responsável por decidir se o LivesOn continuará publicando na conta de seu amigo ou não.

Se seu amigo optar por manter sua conta ativa, o serviço continuará publicando em seu nome a partir da análise do seu estilo de escrita. E com o passar do tempo, o LivesOn irá coletando a interatividade com seus seguidores para aprimorar ainda mais seu estilo - uma proposta ideal para quem é viciado em redes sociais e não planeja ser esquecido depois de sua partida.

De acordo com o Mashable, a agência está trabalhando em conjunto com a Queen Mary University em Londres, Inglaterra, para ampliar os recursos de identificação, reconhecimento e aprendizado do LivesOn, e os testes com a ferramenta devem começar nos próximos meses. Além disso, a empresa garante que não está lançando um produto ou aplicativo no mercado, mas que está apenas realizando experimentos de inteligência artificial.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.