Homem é preso após postar vídeo no YouTube mostrando plantação ilegal de maconha

Por Redação | 15.01.2014 às 16:25

Se você faz algo errado, a regra número um na internet é: não compartilhe. Você pode atrair quem não deseja. Contudo, não foi isso que o americano William Bradley, 46, fez. Bradley usou o YouTube para mostrar a plantação de maconha em seu jardim.

No vídeo de quase 7 minutos, intitulado "Jardim da Esperança", o homem faz questão de mostrar os pés de maconha que havia plantado, pois segundo ele, estava em fase terminal do câncer. Mas ele vai além: diz que mora em Connecticut (EUA) e dá até mesmo seu código postal para quem quiser fazer "doações" para ele "poder ajudar outras pessoas".

Bradley conta que teve um acidente de moto e, depois, ficou com sequelas na cabeça. "Eu acho que nem estou pensando direito", afirma.

O vídeo, publicado em outubro, chamou a atenção da polícia, que resolveu ir até sua casa e descobriu mais de 1kg de maconha. Além disso, os policiais disseram à WTNH-TV que encontraram haxixe, cocaína, oxicodona, material para embalar a mercadoria e US$ 1.017 (aproximadamente R$ 2.400). Pelo que tudo indica, Bradley não estava com câncer.

A polícia o indiciou por porte de narcóticos com intenção de vender e por operar uma fábrica de drogas. A maconha medicinal é legal em Connecticut, porém, Bradley não tinha uma licença para tal, como ele próprio afirma no vídeo. Bradley já havia sido preso em 2008 por porte ilegal de 4,5kg de maconha.

Veja abaixo o vídeo: