Assassino sul-coreano esquarteja adolescente e depois posta em rede social

Por Redação | 15 de Julho de 2013 às 17h00

Um jovem de 19 anos estuprou e estrangulou uma garota de 17 anos em um motel localizado na cidade de Yongin, Coreia do Sul. Depois de passar 16 horas desmembrando o corpo da vítima, ele postou mensagens a respeito da história em uma rede social local chamada Kakao Story.

De acordo com informações do jornal coreano Joongang, o suspeito identificado apenas pelo sobrenome "Shim" cometeu o crime há uma semana (08). Após esquartejar a vítima, o rapaz ainda enviou fotos das partes do corpo para o celular de um amigo, que não chamou a polícia, pois achava que ele havia retirado as fotos da Internet e estava apenas brincando.

Shim conheceu sua vítima em um site de encontros há cerca de um mês. No dia seguinte ao assassinato, ele postou mensagens na rede social dizendo que ela foi corajosa ao olhar nos olhos de seu assassino "até o último momento". "As emoções próprias de um ser humano saíram de mim. Não senti culpa, tristeza ou ira, só um leve sorriso. Esta noite vou dormir com o cheiro do sangue", dizia a primeira mensagem postada por Shim logo após deixar o local do crime.

Na quarta-feira (10), Shim se entregou à polícia dizendo que se sentia culpado pelo crime. Ele contou que jogou partes do corpo da vítima na privada do motel e colocou o restante em sacos plásticos pretos que foram deixados em um depósito de lixo próximo de sua casa. A polícia disse ainda que o rapaz gostava de assistir filmes de terror com cenas violentas, mas que não tem antecedentes criminais ou históricos de doença mental.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.