Americano ganha R$ 94 mil para transformar seu sobrenome em endereço de site

Por Redação | 19 de Dezembro de 2012 às 18h00

O norte-americano Jason Sadler, 30 anos, da cidade de Jacksonville, no estado da Flórida, decidiu vender seu próprio sobrenome para marcas através de um leilão online. Depois de vários lances, Jason terá que utilizar o endereço de um site, no caso o Headsetsdotcom, como seu sobrenome ao longo de um ano, e tudo isso pela quantia de US$ 45,5 mil (US$ 94,5 mil).

A prática não é nenhuma novidade, já que muitas pessoas venderam partes dos seus corpos para marcas e logos de empresa através de tatuagens. "Vi uma oportunidade. Minha mãe está se divorciando e não preciso mais desse sobrenome", afirmou à CNN o norte-americano. "Pensei em como arrumaria um novo sobrenome e decidi vendê-lo".

O leilão do sobrenome de Jason representa uma extensão do seu próprio trabalho. O jovem é proprietário do site 'I Wear Your Shirt', onde os funcionários utilizam as camisetas dos anunciantes e divulgam fotos vestindo a peça nas redes sociais pela "pequena" quantia semanal de R$ 6.240.

Jason Sadler leilão sobrenome

Jason Sadler (Foto: Divulgação)

Jason Sadler afirma que não acredita que ele tenha se vendido com o leilão do seu sobrenome e que, dentro dos termos do acordo, seu novo sobrenome não poderia ter relação alguma com partidos políticos, religiões ou o propósito de difamar alguém. Além disso, ele também poderia recusar a proposta do vencedor do leilão caso achasse melhor.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!