Gastos com Big Data devem atingir US$ 114 bilhões em 2018

Por Redação | 13 de Setembro de 2013 às 11h37

Com milhões de pessoas ao redor do mundo gerando grandes quantidades de informações todos os dias graças à internet, as empresas vão precisar de soluções mais específicas para analisar seus dados. Profissionais já estão de olho nas oportunidades geradas pelo Big Data – e eles estão certos, pois esse mercado vai crescer rapidamente nos próximos anos.

A empresa de pesquisa ABI Research estima que o gasto com tecnologias de Big Data deve atingir US$ 31 bilhões em 2013. O crescimento esperado para os próximos cinco anos é de cerca de 30% ao ano, o que deve resultar em investimentos de US$ 114 bilhões em 2018. A previsão inclui o dinheiro gasto com os salários internos, serviços profissionais, serviços de tecnologia, hardware e software.

"Nós estimamos que os salários representem cerca de metade das despesas atuais com Big Data, e a outra metade seja destinada ao pagamento de fornecedores de produtos e serviços", diz Aapo Markkanen, analista sênior da ABI Research. "O que vemos agora é um gasto excessivo com salários num momento que as organizações buscam engenheiros de dados e outros especialistas para alavancar o Big Data. Outra parcela grande do dinheiro é gasta com prestadores de serviços que crescem assessorando empresas ricas em dados, mas pobres em conhecimento", completa o analista.

A empresa de análise prevê ainda que a inovação deve chegar rapidamente ao setor ao longo dos próximos anos. A pesquisa aponta que melhorias de análise de banco de dados resultarão em um aumento na eficiência. O aprendizado de máquina e sua aplicação na análise avançada de dados é uma área que vai ajudar tanto empresas públicas quanto privadas a aumentar sua inteligência.

"Grandes empresas como IBM e HP estão compreensivelmente se movendo nesta direção, mas ao mesmo tempo também podemos ver startups de análise, como Ayasdi e Skytree, que têm aprendizado de máquina em seu próprio DNA", avalia Dan Shey, diretor de práticas da ABI Research.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.