Conheça os principais motivos para usar soluções de Big Data em sua loja virtual

Por Colaborador externo | 19.06.2014 às 11:47

Por Thoran Rodrigues*

O universo do Big Data abriu um leque de possibilidades para o mundo dos negócios virtuais: da automação de várias atividades cruciais para o e-business, até o monitoramento do ciclo de relacionamento do cliente com a marca, tudo é possível através do uso do grande volume de informações disponível hoje em dia em fontes diversas. Ao final, a adoção do Big Data no dia a dia dos negócios melhora a experiência do cliente com a loja e impacta positivamente nas vendas. Confira a seguir como isso é possível.

Cadastramento simplificado

Durante o momento de cadastro, lojas virtuais demandam de seus usuários uma série de dados: nome completo, e-mail, CPF, endereço e etc. O preenchimento de tantos campos sempre gera desconforto e pode levar à desistência da compra. Hoje, utilizando-se do grande volume de informações disponível, é possível facilitar esse cadastro para o consumidor e para a loja. A inclusão de apenas uma das informações (um e-mail, por exemplo) é suficiente para que ferramentas inteligentes preencham automaticamente o restante do cadastro.

Experiência nota dez

Através do monitoramento do comportamento do usuário no seu site – e até mesmo na web – é possível melhorar a experiência de compra para ele através de, por exemplo, sugestões de produtos e ofertas extremamente assertivas.

Marca sempre presente

o relacionamento de uma marca com seu cliente não termina após a conclusão da compra, muito pelo contrário: é a partir desse momento que ações de relacionamento devem ser intensificadas. Acompanhar o ciclo de um cliente com uma marca (de forma simplificada: do momento que ele compra na loja, ao seu uso imediato e contínuo e, finalmente, à sua recompra ou substituição do produto ou serviço adquirido) é ponto crucial para o sucesso. Nesse cenário, ferramentas de Big Data atuam através do monitoramento, possibilitando que o contato da marca com o cliente seja de extrema relevância para ele e aumentem as chances de recompra.

De olho na concorrência

Por fim e não menos importante, entender como seus concorrentes estão atuando no mercado é chave. Informações relevantes de lojas específicas e do mercado como um todo são coletadas para melhorar a desempenho do seu site. O ajuste automático de preços é uma das várias possibilidades desse monitoramento.

*Thoran Rodrigues é CEO da BigData Corp, empresa especializada em soluções de Big Data.