Big Data deve gerar cerca de R$ 20 bilhões para operadoras até 2018

Por Redação | 09 de Setembro de 2013 às 14h30

Um novo relatório da Juniper Research apontou que até 2018 a combinação entre redução de custos e aumento na receita deve proporcionar às operadoras de redes móveis US$ 9 bilhões (cerca de R$ 20 bilhões). O grande "herói" deste cenário descrito pela empresa de pesquisas é o Big Data.

As maiores economias devem resultar da redução da rotatividade de clientes e investimentos mais eficientes, além da implantação contínua de plataformas de análise – algo fundamental para que as empresas entendam o comportamento de seus clientes e invistam de acordo com os segmentos mais rentáveis. Receitas significativas também devem surgiu do licenciamento de dados de clientes para terceiros.

O estudo observou ainda que, enquanto muitas operadoras de redes móveis estavam buscando parcerias com fornecedores terceirizados de plataformas de análise, estratégias alternativas foram surgindo. Para tentar rentabilizar e gerir os grandes fluxos de dados gerados atualmente, empresas como Telefonica e Verizon optaram por criar suas próprias unidades de negócios no setor de gerenciamento de dados. Isso permite que essas companhias ofereçam dados agregados de assinantes para clientes corporativos.

O estudo também destacou um forte aumento nos investimentos em plataformas de análise entre os provedores OTT (do inglês over-the-top), citando a compra da Atlas Advertiser Suite pelo Facebook como um elemento-chave nesse setor. Atlas é uma plataforma para medição de mídias da Microsoft que pode ajudar a atender as necessidades de publicidade das páginas do Facebook.

Por fim, o relatório destaca a importância da preocupação com a privacidade por parte dos clientes e órgãos regulamentadores em relação às políticas adotadas por empresas que usam o Big Data. É importante que essas companhias tenham uma política de uso de dados bem definida, de modo que as informações possam ser agregadas e analisadas sem comprometer a privacidade do assinante.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!