BGS 2014: experiência cinematográfica é o foco de The Order: 1886

Por Caio Carvalho | 10 de Outubro de 2014 às 17h19
photo_camera Divulgação

Com lançamento previsto para fevereiro de 2015, The Order: 1886 é um dos grandes destaques do estande da Sony na Brasil Game Show. E não é para menos: o jogo tem a maior fila de todo o evento – em partes pelo número limitado de apenas 4 cabines, mas também pela ansiedade de centenas de pessoas que vieram à feira só para ter um gostinho do novo game da Ready at Down.

Mesmo com tanta ação, no entanto, talvez seja melhor deixar as expectativas de lado se você está esperando por um título em terceira pessoa realmente inovador. E nós explicamos o por quê.

A demo exibida na BGS é a mesma da E3 deste ano, e dura cerca de dez minutos. Você começa no terceiro capítulo e precisa atravessar as ruas de Londres enquanto ajuda aliados e elimina um grupo de inimigos conhecidos como Rebeldes. De acordo com Marc Turndolf, diretor de operações do estúdio, o game é focado no single-player, e o usuário controlará apenas Sir Galahad, enquanto os outros três integrantes da Ordem ajudarão o personagem na trama.

Sobre a jogabilidade, as comparações com Gears of War são inevitáveis, e até fazem sentido: o jogo lembra bastante o sistema usado (e copiado) na franquia do Xbox. Basta seguir adiante, procurar uma cobertura e atirar nos adversários para prosseguir. E só isso. A impressão é de estar em um longo corredor em linha reta, sem abertura para exploração em um universo tão rico e bonito, como o que aconteceu em Remember Me. Claro que estamos falando de um jogo que ainda tem meses de desenvolvimento pela frente, mas a demonstração exibida aqui no Brasil deixou a desejar.

The Order 1886

Ainda falando do gameplay, outra coisa que pode não agradar aos jogadores mais exigentes é o mecanismo das armas, uma vez que elas são mais lentas que os armamentos vistos em títulos de ação mais frenéticos. Levando em consideração que o título se passa no século 19, essa lentidão é até válida, mas muita gente pode ter dificuldade de se acostumar.

Mesmo assim, o game é bastante divertido. Você pode selecionar um revólver, uma arma branca e outra pesada, além das opções de carregar granadas. Na demo, usamos uma espécie de metralhadora que também pode ser usada como um lança-granadas que incendeia os inimigos. Em outro momento, era possível utilizar recursos de câmera lenta e usar o revólver para atingir os Rebeldes. Nesse quesito, a produtora acertou em oferecer um sistema já conhecido do público, mas com um pouco de variedade.

The Order 1886

Em um bate-papo no estande da Sony, Turndolf disse que o objetivo da Ready at Down é entregar um jogo com uma "atmosfera que misture ação e experiência cinematográfica". De fato, o título é de se encher os olhos e, mesmo rodando a 30 fps na demo da BGS, ainda assim exibiu gráficos de cair o queixo. Segundo o produtor do estúdio, foram necessárias mais de 300 horas de captura de imagens com atores para gravar as cenas.

E não tem como negar: The Order: 1886 é um jogo muito bonito, e sua ambientação deixa o game ainda mais interessante. O enredo, escrito pelo vencedor do Emmy John Adams, é centralizado em uma Londres neo-vitoriana em uma realidade alternativa durante a Revolução Industrial. Com temática steampunk, máquinas e equipamentos muito à frente daquela época começaram a aparecer em uma sociedade que não acompanhou essas mudanças a tempo.

A Ordem funciona como uma entidade de cavaleiros fundada há séculos pelo Rei Arthur, com o propósito de eliminar criaturas conhecidas como Half-Breeds ("meios-sangue", na tradução livre). Além dos cenários muito bem feitos, o jogo promete trazer figuras históricas daquela época que realmente existiram, incluindo o inventor Nikola Tesla. Tudo, obviamente, dentro do universo alternativo do game, cercado por poções mágicas, armas exóticas e monstros de outro mundo.

Por fim, assim como os últimos títulos lançados pela Sony no país, The Order: 1886 chegará totalmente localizado no português do Brasil, com legendas e dublagem. O jogo será lançado em 28 de fevereiro do ano que vem, com exclusividade para o PlayStation 4.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.