BGS 2012: Sony diz que não fabrica PS3 no Brasil por causa dos 'altos impostos'

Por Caio Carvalho | 12.10.2012 às 09:30 - atualizado em 12.10.2012 às 21:15
photo_camera Gustavo Linares

Recentemente, uma pesquisa da GFK revelou que o Xbox 360 já é responsável por 65% do mercado gamer brasileiro - reflexo claro da produção nacional do console pela Microsoft, há um ano. Não só o preço do videogame diminuiu, mas também seus jogos, o que fez do Xbox a plataforma mais bem aceita em nosso país.

Fotos: veja nossa galeria com as imagens de tudo o que está acontecendo na Brasil Game Show!
Acompanhe nossa cobertura completa da Brasil Game Show

Para entrar nessa concorrência, a Sony se pronunciou durante a Brasil Game Show 2012 e disse que está procurando oportunidades para que o PlayStation 3 seja fabricado em território nacional, seja pela fábrica de eletroeletrônicos da companhia em Manaus ou por algum parceiro terceirizado.

Ao ser questionado sobre a situação, Mark Stanley, vice-presidente da Sony Computer Entertainment para América Latina, disse que o que dificulta a entrada de investimento de hardware no país são os altos impostos. Contudo, o executivo afirmou que a empresa tem se esforçado para que os produtos da linha PlayStation cheguem às lojas com valores competitivos, assim como o conteúdo da PSN Brasil.

Mesmo sem saber quando ou se veremos a produção do PS3 nacional, a Sony continua investindo pesado no Brasil. Em breve, a empresa japonesa fará o lançamento da versão super slim do PlayStation 3, além de games exclusivos que chegarão com legendas e dublagem em português. A PS Store também vai ganhar novidades a partir do próximo dia 23 de outubro, quando receberá um novo design totalmente reformulado.

Parcerias

Em sua conferência na BGS, a Sony também anunciou uma parceria com a Machinima, considerado o grupo de canais de entretenimento e games mais bem sucedido do YouTube. São 210 milhões de visitantes únicos todos os meses, sendo que só em agosto foram 2,25 bilhões de visualizações de vídeos do canal. Desse número de visualizações, 107 milhões foram apenas do Brasil.

Glauco Rozner, gerente da marca PlayStation para América Latina, revelou também as versões Latino e Brasil da marca, esta última com programação exclusiva e conteúdo em português, incluindo entrevistas, transmissões de eventos ao vivo e reviews.