BGS 2012: O lado B pra quem vai encarar – ou já encarou - o evento

Por Vanessa Lee | 12 de Outubro de 2012 às 13h43

Que a Brasil Game Show proporciona um dos climas mais legais de se presenciar, para os amantes de videogame, é um fato. Portanto, algumas coisas deixaram a desejar para os profissionais que passaram para dar uma olhada na feira - ou melhor, para algumas pessoas que passaram por lá nesse primeiro dia (11) semi-caótico.

Veja nossa cobertura completa da Brasil Game Show 2012
Fotos: veja nossa galeria com as imagens de tudo o que está acontecendo na Brasil Game Show!

Apesar da grande quantidade de expositores, contando as empresas mais importantes do mercado, como a Sony, Nintendo e Microsoft, os espaços foram divididos de maneira meio desajustada, sendo que tem jogo importante lá que foi tratado com um certo desprezo. É o caso de Need For Speed: Most Wanted, que ganhou apenas uma TV com o título disponível, num cantinho quase invisível. Nesse caso, a Eletronic Arts poderia ser um pouco mais justa. Em contrapartida, ela exaltou FIFA 13 de tal maneira que os fãs do esporte poderão comemorar. O espaço do game é amplo, quase uma quadra de futebol society, onde haverá competições.

A Microsoft é a empresa que mais pode decepcionar alguém. Ela tomou um espaço monstro do pavilhão oferecendo apenas um jogo realmente conveniente: Halo 4. Algo bom para os fanáticos da série, mas que pode brochar a massa que passará por ali. Pensando que a desenvolvedora teria alguma carta na manga, a introdução da desenvolvedora como expositora poderia ter sido feita de um jeito menos vergonhoso, principalmente para aqueles que sustentam a fama da empresa com o Xbox 360. Injusto com os jogadores do console que esperam por novidades.

brasil game show 3

A Nintendo conseguiu se superar também. Pela quantidade de pessoas estimadas para a feira, era esperado que ela dispusesse mais novidades a coisas que estamos cansados de ver. O Wii U está lá, sim, e posso adiantar que a experiência sobre o novo console é legal, ao contrário das más línguas, mas nosso review da plataforma você lê aqui.

A sensação que dá sobre o que a Nintendo sabe do mercado brasileiro é a de que ela não está entendendo bem como as coisas estão funcionando por aqui. Colocar vários displays com o Nintendo 3DS para as pessoas testarem é quase que uma ofensa ou, pra tentar ilustrar, o mesmo que colocarem o Playstation 2 num monte de baias, enquanto o PS3 acaba de ser lançado e todo mundo só tem olhos para ele. Uma equiparação razoável da minha parte. A Nintendo poderia ter aumentado bastante o núcleo do Wii U para a galera, e diminuir a fila quilométrica que se estendia em pleno dia que, teoricamente, era o mais vazio.

Depois do levantamento que confirmou que somos o quarto mercado mais importante de games no mundo, está mais do que na hora do Sr. Iwata (presidente da Nintendo) prestar atenção no mercado sul-americano e parar de mesquinharia. Queremos novidades e seremos movidos a isso até o fim dos tempos. Trocando em miúdos: jogar no stand da Nintendo pode ser legal para quem nunca se cansa de ver os portáteis e o velho Wii rodando. De qualquer forma, pode esperar por uma boa fila para conseguir jogar no novo aparelho da empresa japonesa.

Comida: leve a sua!

É, o dito popular é usual nesse caso, já que comer no local é tão exorbitante que compensa atravessar a rua e comer no shopping Center Norte ali perto. Sim, não esperem McDonalds, Bobs, Subway, ou algum desses fast foods aos quais estamos mais habituados. O mais conhecido é o Spoleto, mas mesmo assim não parece compensar muito. Se quiser beber alguma coisa então... prepare o bolso, porque um suco em lata SuFresh chega a custar R$ 6. Nem na balada mais cara se paga isso...

O negócio pra dar conta é levar lanches na mochila, que pode ser bem mais conveniente.

meme

*******************

Numa avaliação geral, várias empresas estão participando, os jogos são fantásticos, algumas personalidades estarão lá pra dar autógrafos, campeonatos de futebol virtual e e-sports estarão rolando, e a diversão acontece. Sim, apesar dos pesares dá para ser feliz abraçando o Donkey Kong e jogando títulos que você só vai ter em casa no ano que vem.

Precisávamos só abordar que tudo na vida tem seu lado B, e com a BGS não seria diferente.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.