BGS 2012: Injustice: God Among Us - Primeiras impressões

Por Vanessa Lee | 13 de Outubro de 2012 às 16h50

Para colocar as mãos em Injustice: Gods Among Us penamos um pouco. As filas na Brasil Game Show estão intermináveis, mas o que importa é que conseguimos e vamos aos fatos: esqueça as referências que chegamos a citar sobre o último Mortal Kombat.

Fotos: veja nossa galeria com as imagens de tudo o que está acontecendo na Brasil Game Show!

Superficialmente, tudo o que foi mostrado sobre o jogo até então nos dava uma falha ideia de que veríamos algo parecido, mas quando jogamos tivemos a máxima certeza de que estávamos errados.

Indo direto ao gameplay, o que dá pra falar, entretanto, é que a mecânica não tem nada de violenta como a gente esperava, ou os fãs da franquia de Ed Boom aguardavam. Sangue nem pensar! O triste também é que não conseguimos testar o jogo a fundo para saber se existe algum dispositivo que habilite o modo violência, que geralmente é o que faz jorrar sangue.

Os personagens são os "bambambans" da DC: Mulher-Maravilha, Flash, Batman, Robin, Arlequina... A jogabilidade pode ser estranha no começo, porque não é tão encorpada e intuitiva quanto MK. E rola uma combinação de combos um pouco estranha e sem muito impacto. O interessante é que a interface é bem legal, existem vários outros personagens desbloqueáveis e é possível interagir com o ambiente para investir contra o inimigo.

Os cenários são soturnos e até mesmo a forma como os personagens são apresentados é diferente. Eles carregam uma aura diferente e pesada, saindo do estereótipo de heróis solícitos. Por conta da violência das ações, ver Batman contra Mulher Maravilha, por exemplo, é um tanto surreal, mas não menos divertido.

O lançamento de Injustice está marcado para 2013.

Essa foi nossa primeira impressão, portanto, aguardem que estaremos em breve postando nosso review completo do jogo.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!