United Airlines oficializa compra de 100 aviões elétricos

United Airlines oficializa compra de 100 aviões elétricos

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 14 de Julho de 2021 às 15h00
Divulgação/ Heart Aerospace

A United Airlines oficializou nesta terça-feira (13) a compra de 100 aeronaves elétricas da empresa sueca Heart Aerospace para utilização em trechos regionais. Essa é a segunda negociação "distópica" da gigante estadunidense em poucos meses e mostra sua intenção de traçar novos caminhos dentro da aviação comercial, já que também fechou a aquisição de 15 aviões supersônicos da Boom Supersonics, os primeiros deste tipo depois do Concorde.

O modelo adquirido pela United é o ES-19, projetado para rotas de até 402 quilômetros. Seu funcionamento será bem parecido com o de um carro elétrico, com baterias de íons de lítio e recarregamento por meio de corrente elétrica. Já em termos de payload, a empresa sueca afirma que sua aeronave pode levar até 19 passageiros, mas não revelou o peso máximo de decolagem e a velocidade de cruzeiro.

A negociação da compra dessas aeronaves ainda teve mais desdobramentos e mostra o compromisso da United Airlines com a inovação e mudanças na aviação comercial. Além das 100 unidades sob sua responsabilidade, outras 200 foram confirmadas por meio de parceria com a Mesa Airlines, uma empresa aérea regional que também opera voos da própria United e que confirmou a aquisição de 100 aviões com opção de compra de mais 100, totalizando 300 unidades.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

(Imagem: Divulgação/Heart Aerospace)

Atualmente, o ES-19 encontra-se em estado de desenvolvimento, com o time da Heart trabalhando especificamente nos motores elétricos. Fases como construção de fuselagem, voos de teste e até certificação devem demorar um pouco mais, já que o mercado de aviões elétricos ainda é muito embrionário e existem poucas empresas trabalhando neste tipo de aeronave.

De acordo com a United Airlines, as primeiras 100 aeronaves ES-19 tiveram um custo de compra de US$ 35 milhões. O início das operações está previsto para 2026, em rotas que partiriam dos aeroportos de Chicago (ORD) e San Francisco (SFO), nos Estados Unidos.

Fonte: Aero Magazine, AIN Online

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.