IBM Watson falará sobre obras de arte na Pinacoteca de São Paulo

Por Redação | 08 de Junho de 2017 às 13h36

Para comemorar o seu 100º aniversário no Brasil, a IBM anunciou que o "Voice of Art", projeto da Pinacoteca de São Paulo, terá início no dia 5 de agosto. De acordo com as divulgações, os visitantes poderão contar com o assistente digital da IBM, o Watson, para obter informações sobre as peças de arte em exposição através de um aplicativo.

De acordo com um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), 70% dos brasileiros nunca visitaram um museu ou centro cultural. O projeto visa usar a computação cognitiva para fornecer uma nova maneira de experimentar a arte, explicando as histórias por trás das peças e seu contexto histórico. A ideia é que a união da arte com a tecnologia desperte maior interesse dos brasileiros pelas obras.

Pensando nisso, o Watson será capaz de responder a questões sobre, pelo menos, sete obras de arte: Mestiço, de Cândido Portinari (1934); Saudade, de Almeida Junior (1899); Ventania, de Antonio Parreiras (1888); São Paulo, por Tarsila do Amaral (1924); O Porco, de Nelson Leirner (1967); Bananal, por Lasar Segall (1927); e Lindonéia, uma Gioconda do subúrbio, de Rubens Gerchman (1966).

"Em um mundo com tecnologia imersiva, os museus não devem ser exceção", disse Paulo Vicelli, diretor de relações institucionais da Pinacoteca de São Paulo. "A Pinacoteca está constantemente se reinventando e criando parcerias como essa para se envolver com novos públicos", completou.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!