Pixel art de Andy Warhol é descoberta em disquetes antigos

Por Redação | 07 de Maio de 2014 às 18h20

Mais de 20 novas obras de Andy Warhol surgiram na web. Todas encontradas em 41 disquetes de Amiga, agora estão sendo mantidas no Museu Andy Warhol. Os membros do clube de computação da Universidade de Carnegie Mellon e do Frank-Ratchye Studio extraíram os arquivos e publicaram alguns deles na web.

Segundo o Slash Gear, as imagens foram todas criadas com um estilo de pintura pixelizada com mouse, algo tão básico quanto o famoso Paint do Amiga, por exemplo. Isso mostra os esforços do artista para se adaptar ao meio digital no começo da era da computação. Entre as imagens recuperadas, três foram mostradas ao público, e você as vê abaixo.

Andy Warhol 1

Andy Warhol 2Andy Warhol 3

Andy Warhol 2
Andy Warhol 3

A história por trás da recuperação das obras de Andy começa depois do artista Cory Arcangel ficar sabendo de um vídeo do YouTube que mostra Andy Warhol utilizando o Amiga 1000 para pintar, no dia do seu lançamento, nos anos 80. Foi aí que Arcangel sugeriu que as obras poderiam ser recuperadas e colocadas em exposição no Museu Warhol.

Poucos meses depois, o Carnegie Mellon University foi contatado com a ideia, devido ao seu histórico com hardware antigo. No começo de 2013 a equipe começou com seu trabalho, que foi registrado em um documentário, tendo estreia prevista para o dia 12 de maio. Você pode conferir o documentário na data de estreia clicando aqui.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.