WhatsApp vs FB Messenger vs SMS: qual deles é o favorito dos brasileiros?

Por Redação | 02 de Julho de 2015 às 12h37

Uma pesquisa realizada pelo Mobile Time e pela Opinion Box colocou em números uma informação que muita gente já imaginava: o WhatsApp é o aplicativo de mensagens instantâneas mais utilizado pelos brasileiros. Em pesquisa, 891,% dos usuários de smartphone afirmaram utilizar a ferramenta diariamente para falar com outras pessoas.

O objetivo do levantamento era colocar, frente a frente, três dos principais concorrentes desse setor. Além do WhatsApp, a utilização do Facebook Messenger e do bom e velho SMS também foi questionada, e a ordem foi exatamente essa. O app de mensagens da rede social ficou em segundo lugar, com 50% dos entrevistados o utilizando diariamente, enquanto os “torpedos” aparecem na terceira, como era de se esperar, mas até que com um índice considerável, de 35,7%.

Os números se relacionam a uso diário. Os usuários foram questionados sobre a utilização de alguma das soluções nas últimas 24 horas anteriores ao levantamento. Sendo assim, o total do WhatsApp, que já era grande, fica ainda maior quando se leva em conta que 96,4% das pessoas disseram utilizar o sistema todos os meses, contra apenas 2,4% afirmando que nunca haviam acessado a solução.

Esse número de “ausentes” é ainda mais alto quando se fala no Facebook Messenger. Apesar de ambos pertencerem à mesma empresa, a rede social faz questão de posicionar sua solução integrada de mensagens como uma alternativa para celulares, computadores e outros dispositivos. Mas aqui, 6,9% dos usuários consultados pelo estudo afirmaram nunca terem acessado o serviço.

Esses totais relacionados a outros serviços, que cada vez mais vão deixando o SMS para trás, pode ser facilmente explicado pela popularização dos smartphones em nosso país. De acordo com o estudo, 92% dos brasileiros possuem um smartphone, e como eles contam com pacotes de internet móvel, WhatsApp e Facebook Messenger parecem ser uma alternativa mais barata, mesmo com os problemas da rede.

Sendo assim, enquanto apenas 0,6% dos entrevistados afirmaram nunca terem enviado um torpedo, a solução parece ser bem mais esporádica, com os já citados 35,7% de uso diário e 77,7% dos usuários afirmando que utilizaram a solução pelo menos uma vez no último mês. Aqui, vale a pena lembrar também os métodos diferenciados de pagamento, já que muitas vezes, SMSs são cobrados individualmente ou em pacotes diários, enquanto a internet móvel tem valores menores e mais flexíveis.

Outros aplicativos mensageiros também foram citados como usados frequentemente pelos usuários. O Skype apareceu com 14,7% da preferência, enquanto o Viber vem em um segundo lugar bastante próximo, com 13,4%. Também foram citados o Hangouts, do Google (6,2%), Imo (6%), Telegram (5,7%) e ICQ (2%).

A pesquisa entrevistou 1,2 mil internautas brasileiros de diferentes gêneros, faixas etárias, rendas e distribuição geográfica. Mais resultados relacionados à utilização de dados e compartilhamento de mídia, por exemplo, devem ser revelados em breve.

Fonte: Mobile Time

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.