WhatsApp pode ganhar versão voltada para empresas

Por Redação | 27 de Julho de 2017 às 12h41

O WhatsApp já é usado amplamente por empresas de todos os tipos. E agora o Facebook parece estar desenvolvendo uma solução dedicada a esse mercado, de forma a entregar ferramentas “oficiais” para as companhias que fazem uso do mensageiro. Pelo menos, é isso o que demonstra uma série de informações vazadas nesta quinta-feira (27).

De acordo com os rumores, o WhatsApp estaria prestes a ganhar uma edição dedicada a pequenos e médios negócios, que teria como principal destaque uma opção de verificação. Assim, como acontece no próprio Facebook, os clientes poderão ter a certeza de que estão conversando com um perfil legítimo, sentindo-se seguros para falar de negócios e passar informações pessoais.

Selos de verificação garantem autenticidade de contas no WhatsApp.

Alguns critérios, entretanto, devem ser seguidos, como um máximo de caracteres usado no nome de exibição - provavelmente de forma a caber na tela - e restrições com relação ao avatar utilizado. Os negócios também não poderão modificar seus títulos uma vez que tenham sido verificados, mas não há limites quanto à alteração da imagem, desde que, claro, elas sigam as normas.

O nome da aplicação, entretanto, seria o mais direto e pouco atrativo possível: “WhatsApp Small and Medium Business”. Com versões em desenvolvimento para Android, iOS e, surpreendentemente, Windows Phone, o aplicativo teria lançamento simultâneo em todas as plataformas após um período de testes, que ainda não começou.

A integração seria automática para os usuários, sendo possível falar com empresas ou receber anúncios diretamente do aplicativo convencional. Para utilizar tais ferramentas, entretanto, os negócios teriam de baixar a solução específica para eles, algo que deve facilitar a vida dos analistas de redes sociais, que poderão manter a versão tradicional do WhatsApp exclusivamente para uso pessoal.

Métricas também estariam disponíveis para as marcas, com relatórios detalhados que mostram o número de usuários que possuem o contato adicionado e o total de mensagens trocadas por eles. Anúncios oficiais também poderão ser feitos pela plataforma, com todos os clientes adicionados recebendo a mesma mensagem simultaneamente - eles podem optar por não serem notificados sobre isso, ao contrário do que acontece com comunicações convencionais. Os anúncios serão acessíveis por uma seção específica em cada janela de conversa.

WhatsApp também passaria a contar com sistema de anúncios oficiais para empresas.

O WhatsApp ainda estaria trabalhando em um sistema de segmentação de mensagens, que poderia informar um cliente específico sobre o atraso em seu voo, ou um grupo deles sobre problemas de trânsito na rota que costumam pegar para o trabalho, usando apps de transporte. Tais funcionalidades, entretanto, estariam exigindo um trabalho adicional e podem não chegar à primeira versão do mensageiro voltado para negócios.

Os boatos surgem dois anos depois de o próprio Facebook ter afirmado que gostaria de dar ferramentas específicas para negócios que usam o WhatsApp em sua rotina. Na época, as opções dedicadas às marcas na própria rede social ainda estavam começando a surgir e a ideia de um desenvolvimento paralelo fazia sentido. As novidades para o mensageiro, entretanto, nunca vieram, mas, pelo jeito, não foram deixadas de lado.

A rede social, entretanto, não confirmou a existência de uma aplicação dedicada às empresas e o mesmo vale para os responsáveis pelo WhatsApp. Não se sabe, também, se outras funções que já existem atualmente no Facebook também poderão ser aplicadas a essa versão específica do mensageiro.

Fonte: UberGizmo, WaBetaInfo

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.