WhatsApp nega estar compartilhando mensagens de seus usuários com o Facebook

Por Redação | 15 de Setembro de 2016 às 07h35

O WhatsApp negou nesta quinta-feira (15) que sua nova política esteja pondo a privacidade dos usuários em risco ou compartilhando suas mensagens com o Facebook. A alegação foi feita numa corte judicial na Índia, onde a empresa ressaltou que "ninguém é obrigado" a aceitar as novas regras.

Desde o fim de agosto, quando alterou sua política de privacidade, que o WhatsApp vem se envolvendo em polêmicas. O motivo? O mensageiro passou a compartilhar dados de seus usuários com o Facebook. Diante disso, dois usuários foram à justiça na Índia e processaram a empresa.

Os reclamantes alegam que a empresa quebrou a promessa original de que jamais compartilharia os dados dos usuários. Segundo eles, a nova política de privacidade "compromete gravemente os direitos dos usuários e torna sua privacidade completamente vulnerável". A resposta do mensageiro, obviamente, foi padrão.

"Não há como compartilharmos mensagens, fotografias ou documentos com o Facebook, pois não temos acesso a esse conteúdo", alegou Siddaharth Luthra, um dos advogados da empresa, no tribunal de Nova Deli. Além disso, ele disse que utiliza o serviço quem quer e que "ninguém foi forçado" a nada.

Atualmente, o WhatsApp é o mensageiro instantâneo mais utilizado do mundo e sua decisão de compartilhar dados dos usuários com a rede social de Mark Zuckerberg levou inúmeros grupos a expressarem preocupação sobre a segurança e privacidade do app. Apesar disso, é válido lembrar que é possível optar por não compartilhar os dados com o Facebook.

Via Indian Express