WhatsApp começa a testar recursos à la Snapchat

Por Sérgio Oliveira | 04 de Novembro de 2016 às 12h56

Parece que todo mundo quer copiar o Snapchat hoje em dia, não é mesmo? Depois de o Instagram anunciar o Stories e o Facebook liberar recursos muito semelhantes ao app do fantasma, agora chegou a vez do WhatsApp se arriscar a "importar" algumas características do concorrente.

Em sua versão beta para Android e iOS, o mensageiro ganhou uma atualização na seção da câmera, que agora conta opções de edição com desenhos, textos e emojis. Também está sendo testada uma funcionalidade para compartilhar fotos e vídeos por um determinado período de tempo - algo bastante parecido com o core de funcionamento do Snapchat.

A diferença é que o compartilhamento efêmero será feito a partir do status do usuário no mensageiro. Funciona assim: o usuário faz uma foto ou grava um vídeo e pode decidir enviar para determinados contatos ou deixá-lo em exibição no seu status por um determinado período - cuja duração ainda não pode ser definida.

Interface do WhatsApp foi levemente alterada e agora inclui a aba

Interface do WhatsApp foi levemente alterada e agora inclui a aba "Status" e o ícone de uma câmera fotográfica à esquerda da lista de abas. Tela de captura de imagem recebeu novas capacidades de edição (Reprodução: BGR India)

Para evitar que tenhamos quer ir até as configurações para mudar esse status e/ou enviar as imagens, a tela inicial do WhatsApp sofreu uma leve alteração. Agora, a lista de abas, que antes continha as opções "Chamadas", "Conversas" e "Contatos", passa a contar com uma chamada "Status". Também foi incluído, à esquerda dessa lista, o ícone de uma câmera. Basta tocar sobre ela para capturar a imagem ou gravar um vídeo e enviar para seus contatos.

Ambas as novidades já estão disponíveis no WhatsApp Beta para Android e iOS. Apesar disso, o novo "Status" exige que os usuários façam root no sistema do Google e jailbreak no da Apple. Dado o estágio inicial precário de desenvolvimento da funcionalidade, talvez seja mais válido esperar até que ela seja disponibilizada publicamente nas próximas semanas.

Via BGR India, WABetainfo (Twitter)

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.