Usuários em todo mundo ficam sem WhatsApp na manhã desta sexta-feira (3)

Por Redação | 03 de Novembro de 2017 às 09h25
TUDO SOBRE

WhatsApp

Usuários de vários países relataram falha no aplicativo WhatsApp no início da manhã desta sexta-feira (3). Os motivos da interrupção do serviço ainda não foram revelados, mas segundo um porta-voz do Facebook em Cingapura, um dos países afetados, a empresa segue investigando o que realmente ocorreu. De acordo com algumas informações não-oficiais, o problema foi causado por conta de uma falha nos servidores do mensageiro.

Usuários de países como Brasil, Rússia, Vietnã, Índia, Paquistão e vários outros utilizaram as redes sociais para reclamar sobre o problema. Na Índia, onde o WhatsApp tem cerca de 200 milhões de usuários, o termo "Whatsappdown" foi o principal assunto no Twitter. A interrupção também foi um dos assuntos mais comentados no Paquistão, Alemanha, Reino Unidos e muitos outros países, incluindo o Brasil.

Segundo relatos dos usuários, o aplicativo de mensagens começou a voltar a funcionar gradualmente cerca de 30 minutos após as primeiras queixas de indisponibilidade terem sido relatadas. No Brasil, por volta das 7h, no horário de Brasília, o serviço voltou a funcionar ao menos para grande parte dos usuários.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Sites independentes que monitoram interrupções nas redes sociais mais populares informam que o WhatsApp vem sofrendo interrupções frequentes, geralmente a cada poucas semanas. Porém, esses problemas geralmente são limitados a certas regiões e costumam ser muito breves. O site Down Detector, que reporta esse tipo de falha nos principais serviços online, registrou um aumento nos avisos de problemas com o aplicativo com pico de mais de 1000 relatos.

O WhatsApp é uma ferramenta importante para comunicação e negócios em muitos países. Além disso, o serviço conta com mais de 1,2 bilhão de usuários, tornando-o ainda mais vital para a comunicação das pessoas ao redor do mundo. Em maio, o serviço enfrentou um problema similar, mas que durou horas até ser restabelecido.

Fonte: Reuters

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.