Uber Eats testa serviço para reservas de pratos em restaurantes nos EUA

Por Felipe Ribeiro | 03 de Julho de 2019 às 15h37
Reprodução

A Uber introduziu um novo recurso para o Uber Eats que não envolve qualquer entrega de alimentos. Em vez de ter um motorista ou motoboy para pegar o seu pedido e trazê-lo para sua casa, você poderá fazer uma espécie de pré-compra em seus restaurantes favoritos antes de chegar presencialmente neles. O serviço ainda não está disponível em todos os mercados, mas é uma adição inteligente ao arsenal da Uber, tanto para a empresa quanto para o consumidor.

O serviço não tem um nome próprio, mas aparece como uma opção chamda de Dine-in dentro da interface do Uber Eats, junto com os relatórios de entrega e recebimento. O serviço está em testes desde novembro e atualmente está disponível "em beta" em cidades como Dallas, Austin, Tucson e San Diego.

Ao contrário da entrega do Uber Eats, que cobra taxas pelos alimentos que são retirados e entregues, o Dine-in cobra, apenas os restaurantes, sendo um valor inclusive menor do que o serviço de delivery tradicional.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.
Captura de Tela: BGR

A Uber disse que os novos recursos ajudariam a "preencher a lacuna" entre clientes e restaurantes. "Queremos permitir que os restaurantes se concentrem naquilo em que são melhores - fazendo uma boa comida e prestando serviços de alto nível", disse um porta-voz da Uber. "Ao permitir que os clientes façam pedidos e paguem no aplicativo, simplificamos a experiência tanto para os clientes quanto para o restaurante", completa.

Não há previsão de expansão do serviço para demais localidades.

Fonte: BGR

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.