Tinder descontinua serviço para menores de 18 anos

Por Redação | 09 de Junho de 2016 às 00h27

Nesta quarta-feira (8), finalmente o Tinder anunciou que o seu serviço será descontinuado para menores de 18 anos. Para quem não sabe, até o momento o aplicativo era permitido para adolescentes a partir dos 13 anos, contrastando com uma série de outros apps de namoro.

Para evitar abusos, o Tinder limitava os perfis visualizados para usuários entre os 13 e os 17 anos de idade. Dessa forma, eles podiam acessar apenas perfis correspondentes às mesmas idades. O problema é que apesar da limitação, facilmente o sistema poderia ser burlado, já que bastava alterar a idade na conta do Facebook para o acesso irrestrito aos perfis.

Pensando em resolver este problema, a companhia optou por melhorar a detecção de perfis falsos, ou com informações ilegítimas. Assim, a ideia é que, apesar da decisão não corrigir completamente o problema, algumas preocupações poderão ser eliminadas, como evitar que usuários maiores de idade entrem em contato com os mais novos.

Em seu comunicado, o Tinder afirmou que em uma plataforma que facilitou mais de 11 bilhões de conexões, deve-se ter a responsabilidade de avaliar constantemente as experiências de diferentes tipos de usuários. "Consistente com esta responsabilidade, decidimos descontinuar o serviço para usuários com menos de 18 anos. Acreditamos que esta é a melhor forma de avançar em nossas políticas. Esta alteração será realizada na próxima semana."

A novidade acompanha outra mudança anunciada pelo Tinder na semana passada. Até o final do mês deverá ser incluída a opção "transgênero" na plataforma, visando melhorar a experiência da comunidade LGBT no aplicativo.

Fonte: TheNextWeb

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.