Taxistas obrigam passageiros do Uber a entrarem em táxi no Distrito Federal

Por Redação | 05 de Agosto de 2015 às 13h48
photo_camera Foto: Reprodução/Isabella Calzolari/G1

A guerra dos táxis contra o Uber está longe de chegar ao fim e acabou de ganhar mais um episódio no Distrito Federal. Taxistas obrigaram um casal de passageiros a desembarcar do veículo do Uber e entrar em um táxi na manhã da última segunda-feira (3).

O motorista havia buscado os seus passageiros ao lado de um protesto que estava sendo realizado pelos taxistas próximo ao Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek. Na gravação abaixo, é possível ouvir alguém ameaçando o motorista: "Se não descer nós vamos quebrar o carro. É melhor você descer. Olha a manifestação, quantos carros tem. Pode descer, senão vai quebrar o carro".

Então, os passageiros acabaram deixando o veículo, sendo obrigados a entrar no táxi. O motorista do Uber foi questionado pelos taxistas se ele tinha autorização para circular e ainda precisou colocar as malas do casal no carro do taxista.

O Uber respondeu ao caso em nota oficial: "O cidadão tem o direito de escolher como vai se locomover pela cidade. Qualquer tipo de imposição, especialmente por meio de violência, não deve ter espaço no estado democrático. O Uber acredita que é possível criar novas oportunidades de negócio para milhares de motoristas parceiros e ao mesmo tempo oferecer novas opções de mobilidade urbana".

O protesto reuniu entre 1,5 mil e 2 mil taxistas, que pedem ao governador Rodrigo Rollemberg que seja sancionado o projeto aprovado na Câmara para vetar o uso do aplicativo Uber. Em uma reunião com Rollemberg, os taxistas afirmaram buscar uma alternativa para se associar ao serviço, podendo também atender aos chamados do aplicativo.

O governador do Distrito Federal tem até a próxima quinta-feira (6) para sancionar ou vetar o projeto do deputado Rodrigo Delmasso, do PTN. Caso o governo não se posicione, o texto volta à Câmara e ainda poderá ser promulgado pela Mesa Diretora.

Fonte: G1

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.