São Paulo deve autorizar uso do Uber nesta quinta-feira, informa telejornal

Por Redação | 08 de Outubro de 2015 às 11h30
photo_camera Divulgação

Ao que tudo indica, a briga do Uber para continuar existindo na maior cidade do país está chegando ao fim, e com resultado bastante positivo para o serviço.

De acordo com reportagem veiculada pelo jornal Bom Dia São Paulo, da Rede Globo, o prefeito paulistano Fernando Haddad deve anunciar na tarde desta quinta-feira (08) a decisão que regulamenta o funcionamento do Uber em São Paulo. Com isso, o serviço passa a ser legal e tem características específicas, diferente das dos táxis convencionais.

Para regulamentar a atividade, uma nova categoria chamada “táxi por aplicativo” será criada na capital do estado de São Paulo. Para se enquadrarem neste novo setor, os motoristas precisam cumprir alguns pré-requisitos. São eles:

  • Carros pretos, quatro portas e com no máximo cinco anos de uso;
  • Sem taxímetro (a cobrança é feita via aplicativo);
  • Devem possuir um valor máximo de tarifa;
  • Não podem trafegar pelos corredores;
  • Necessita de uma licença especial.

Aparentemente, a regulamentação pode servir bem aos propósitos do Uber sem prejudicar os taxistas. Além disso, a medida abre espaço para que outras iniciativas como o Uber também surjam na capital paulista.

Nesta semana, Haddad já havia adiantado a intenção de regulamentar a ferramenta. Após o Uber publicar uma carta aberta em forma de anúncio de página dupla no jornal Folha de S.Paulo, o prefeito se manifestou a favor da regulamentação. Segundo ele, não seria possível “dispensar uma tecnologia que é do agrado do usuário em função de preconceitos”.

Além disso, hoje também vence o prazo para que ele vete ou sancione o Projeto de Lei 349/2014, aprovado no dia 9 de setembro na Câmara dos Vereadores de São Paulo e que inviabilizaria a existência do Uber em São Paulo.

Via Bom Dia São Paulo

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.