Receita global de apps passa dos US$ 34 bi no primeiro semestre de 2018

Por Patrícia Gnipper | 16 de Julho de 2018 às 23h00

De acordo com o último apanhado da SensorTower, somente durante os seis primeiros meses de 2018 a receita global proveniente de aplicativos móveis teve um aumento de 27,8%, com um total de US$ 34,4 bilhões. E, como era de se esperar, a App Store (da Apple) foi responsável por boa parte desse montante.

De toda a receita obtida, 65% veio somente da loja de apps da Maçã, que, sozinha, foi responsável por US$ 22,6 bilhões das vendas do período. Comparando com o primeiro semestre de 2017, as vendas de apps para os sistemas da Maçã cresceram em 26,8%. Já a Google Play Store, que oferece apps para Android, registrou um crescimento ano a ano de quase 30%, com US$ 11,8 bilhões de receita neste ano.

Ao avaliar quais apps geraram mais receita, os jogos encabeçam a lista como sendo os apps pagos mais populares. O segmento gerou US$ 26,6 bi do valor total, mas a Netflix não fica por baixo, sendo coroada como um dos apps que mais renderam às lojas, seguida por Tinder e Tencent Vídeo.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Já ao considerar apenas a popularidade de aplicativos, mesmo aqueles gratuitos, que não geram receitas, o WhatsApp segue dominando a lista de apps mais baixados, seguido pelo Messenger. Na sequência, aparecem, mais uma vez, Facebook e Instagram, respectivamente.

Fonte: SensorTower

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.