Novo aplicativo avisará quando ex marido violento se aproximar da vítima

Por Redação | 27 de Janeiro de 2016 às 17h30

Frente à realidade de que cinco mulheres sofrem violência doméstica a cada dois minutos no Brasil, com uma morte a cada 90 minutos, nada mais lógico do que utilizar a tecnologia para ajudar a reduzir essas estatísticas absurdas. Em uma parceria inédita, as ONGs Themis e Geledés estão desenvolvendo um aplicativo para dispositivos móveis que, com apenas quatro toques, permitirá à vítima avisar a polícia e uma rede de amigos que seu agressor está por perto.

O app começará a ser testado em Porto Alegre a partir de fevereiro e servirá, pelo menos inicialmente, para aqueles casos em que a mulher já recorreu à Justiça e conseguiu uma medida de restrição impedindo que seu ex companheiro permaneça a uma distância estabelecida da vítima. Além de chamar as autoridades e informar seus contatos de que o indivíduo está descumprindo a ordem judicial e pondo em risco a segurança da vítima, também será possível enviar fotos e vídeos comprovando a aproximação ou, até mesmo, a nova agressão.

A polícia receberá a localização da vítima por GPS e as mulheres que participarão da fase de testes serão escolhidas por juízes. Caso alguma delas não possua um celular compatível com a tecnologia, a Associação dos Juízes do RS (Ajuris) fornecerá o aparelho, e já está realizando uma campanha de arrecadação para essa finalidade.

Quanto ao nome do app, ele foi chamado de PLP 2.0 - sigla referente ao programa Promotoras Legais Populares, que existe há mais de vinte anos. Carlos Santos Filhos, da Geledés, explicou que “as promotoras recebem treinamento e trabalham para empoderar mulheres contra a violência nas suas comunidades”.

Depois do Rio Grande do Sul, os próximos estados que já manifestaram interesse em testar o serviço foram Santa Catarina e Rio de Janeiro. Em São Paulo, a Secretaria de Segurança Pública ainda está avalliando a iniciativa.

Fonte: Folha de S. Paulo

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.