Ministério da Justiça premia aplicativo anticorrupção

Por Redação | 20 de Abril de 2016 às 22h30

O Ministério da Justiça selecionou, nesta quarta (20), três aplicativos que vão receber R$ 10 mil para oferecer uma plataforma que tenha como objetivo o combate à corrupção. As propostas aceitas no concurso hackathon para esse tipo de aplicativo foram o “SouFiscal”, criada por Arnaldo Gomes dos Santos Junior; o app “Fiscalize”, de Thiago Marçal; e “As Diferentonas”, de Nazareno Ferreira Andrade.

Celular

O concurso busca plataformas que incentivem a participação popular na fiscalização do poder público por meios dos smartphones. Na próxima fase, que acontece entre 27 e 29 de abril na sede do Ministério, o primeiro colocado vai receber R$ 30 mil e deverá apresentar novos recursos a pedido do ministério num prazo de 40 dias.

O Ministério da Justiça recebeu 54 inscrições das quais 39 atenderam aos requisitos mínimos do edital, que foram julgados por seis especialistas em transferências de recursos, controle e combate à corrupção.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Fonte Convergência Digital

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.