Ministério da Justiça premia aplicativo anticorrupção

Por Redação | 20 de Abril de 2016 às 22h30

O Ministério da Justiça selecionou, nesta quarta (20), três aplicativos que vão receber R$ 10 mil para oferecer uma plataforma que tenha como objetivo o combate à corrupção. As propostas aceitas no concurso hackathon para esse tipo de aplicativo foram o “SouFiscal”, criada por Arnaldo Gomes dos Santos Junior; o app “Fiscalize”, de Thiago Marçal; e “As Diferentonas”, de Nazareno Ferreira Andrade.

Celular

O concurso busca plataformas que incentivem a participação popular na fiscalização do poder público por meios dos smartphones. Na próxima fase, que acontece entre 27 e 29 de abril na sede do Ministério, o primeiro colocado vai receber R$ 30 mil e deverá apresentar novos recursos a pedido do ministério num prazo de 40 dias.

O Ministério da Justiça recebeu 54 inscrições das quais 39 atenderam aos requisitos mínimos do edital, que foram julgados por seis especialistas em transferências de recursos, controle e combate à corrupção.

Fonte Convergência Digital

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.