Lojas de aplicativos registram receita recorde no primeiro trimestre de 2017

Por Redação | 27 de Abril de 2017 às 18h20

De acordo com um relatório divulgado nesta quinta-feira (27) pela App Annie, as lojas de aplicativos registraram número recorde de receita e download no primeiro trimestre deste ano. Tanto no iOS quanto no Android, os downloads cresceram 15%, alcançando a marca de quase 25 bilhões em todo o mundo. Segundo os dados, o gasto dos usuários de aplicativos também creceu 45% em relação ao mesmo período do ano passado, atingindo mais de US$ 15 bilhões.

Sobre o aumento da receita, o relatório atribui grande parte do crescimento ao impacto da China no mercado, principalmente em relação ao uso da App Store. O país é atualmente o líder de gastos para iOS e o principal contribuinte para a melhoria nos rendimentos. A estimativa, segundo a App Annie, é de que a China permaneça nessa posição até, pelo menos, 2021.

Em geral, a App Store continua na frente da Google Play, e parece que a distância entre as lojas está crescendo. O relatório mostra que a plataforma da Apple disparou sua liderança em 100% sobre a do Google. Apesar desse resultado, é preciso lembrar que, na verdade, a tendência é que o Android supere o iOS ainda neste ano, quando se leva em consideração outras plataformas sustentadas pelo Google, como a Tencent, Baidu, Xiaomi, Huawei e outros. A expectativa é de que sua receita, no total, atinja US$ 20 bilhões em 2017.

Enquanto os mercados emergentes, como a Índia, alimentaram o crescimento do número de downloads (especialmente no Google Play), outros mercados foram os grandes responsáveis para o aumento da receita. Os Estados Unidos e a Coréia do Sul alcançaram a maior taxa de crescimento na participação de mercado no consumo mundial da Google Play. Além disso, vários países europeus também foram responsáveis pelo maior gasto tanto no iOS quanto no Android, incluindo o Reino Unido, a Alemanha e a França.

Via TechCrunch