Google Maps testa melhor previsão de tarifa com a Uber e numeração nas ruas

Por Rubens Eishima | 02 de Dezembro de 2020 às 21h40
Reprodução/Google

O Google Maps está testando três novos recursos que devem facilitar a vida de boa parte dos usuários. As novidades foram flagradas na versão beta do aplicativo no sistema Android, que oferece a opção de maior integração com a Uber para melhorar a estimativa de preço da tarifa, identificação de faixas de pedestres e até a exibição de números de endereços.

Os recursos não foram liberados para todos os testadores do aplicativo — cuja inscrição no beta pode ser feita nesta página —, indicando se tratar de uma avaliação gerenciada pelo Google, ou ainda um teste A/B.

Faixas de pedestre e numeração das ruas

Duas das novidades são bem simples, mas prometem ajudar um grande número de usuários. A primeira é a exibição de faixas de pedestre na visualização cartográfica, destacando locais mais seguros para atravessar a via. O recurso tem o potencial de ser especialmente útil para pessoas com necessidades especiais e deficientes visuais, dependendo da integração no futuro com a sugestão de rotas à pé.

A segunda novidade é a exibição da numeração dos endereços no mapa, facilitando encontrar o local procurado. Neste caso, a alteração pode ajudar especialmente quem viaja para uma cidade que adota um sistema diferente de referências — por exemplo, sequencial ao invés de métrico, ou vice-versa.

Novidades estão disponíveis em alguns cidades apenas (Imagem: Captura Canaltech/Google)

Nos dois casos, a integração das novas opções varia de cidade para cidade, e depende do quão completo é o banco de dados do Google na região pesquisada. No caso de metrópoles nos Estados Unidos, por exemplo, é possível consultar até mesmo onde há semáforos.

Preço da tarifa

O terceiro recurso em testes envolve uma integração maior com o aplicativo da Uber, retornando previsões mais precisas para os valores das corridas. A melhoria do cálculo requer o compartilhamento da rota pesquisada com a empresa de transporte, o que é autorizado em uma nova configuração não disponível para todos os usuários da versão beta.

Os novos recursos ainda estão em avaliação e podem mudar antes de serem disponibilizados para todos o público em geral. Há ainda a possibilidade de não serem lançados, dependendo do andamento dos testes.

Fonte: Android Police

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.