Golpe no WhatsApp tenta roubar dados pessoais de brasileiros

Por Redação | 22.09.2015 às 08:45
photo_camera Divulgação

Usuários brasileiros do WhatsApp devem ficar atentos, pois um novo golpe nacional foi identificado no fim de semana passado. Trata-se de um phishing que atrai as vítimas com a promessa de um desconto de R$ 500 nas redes de supermercados Carrefour e Extra.

Ao clicar no link direcionado para a suposta promoção, os cibercriminosos induzem a pessoa a ligar para um número "premium". Aqueles que efetuarem a chamada devem ouvir uma gravação solicitando que sejam respondidas 25 perguntas, na tentativa de manter a ligação pelo maior tempo possível e cobrar mais da vítima.

Além disso, o falso site convida os usuários a preencherem um formulário com seus dados pessoais e ainda solicita a indicação de dez contatos para ter acesso ao suposto cupom de desconto.

As falsas mensagens utilizam links que parecem ter sido criados em algum serviço encurtador de URLs, mas na verdade elas levam as vítimas até sites falsos que aparentam ser dos grandes hipermercados do país.

Golpe WhatsApp

Mensagem que está circulando pelo WhatsApp faz parte de golpe que tenta roubar dados pessoais

O novo golpe segue um exemplo de phishing latino-americano que surgiu há cerca de um mês prometendo a distribuição de vouchers falsos da rede de cafeterias Starbucks por meio do aplicativo. Porém, especialistas em segurança da Kaspersky alertam para o diferencial do golpe brasileiro.

“Essa campanha é diferente por algumas razões: foi criada totalmente por cibercriminosos brasileiros, é escrita em português, usa nomes de marcas locais e o alvo são usuários brasileiros do WhatsApp. Ao invés de solicitar a instalação de aplicativos maliciosos, como visto anteriormente, aqui os golpistas querem coletar dados pessoais das vítimas e forçar chamadas para um número premium e assim lucrar com o golpe”, explica Fabio Assolini, analista sênior de segurança da Kaspersky Lab no Brasil.

Golpe WhatsApp

Página falsa criada pelos golpistas coletarem dados das vítimas

Para evitar cair em golpes como este, desconfie sempre de promoções não divulgadas amplamente em outros meios de comunicação. Além disso, manter um bom antivírus em seu dispositivo móvel também é imprescindível para bloquear o acesso a qualquer página maliciosa.