Gmail deve ganhar sistema de agendamento de envio no Android

Por Felipe Demartini | 30 de Julho de 2018 às 23h15
photo_camera LifeWire
TUDO SOBRE

Google

O fim do expediente de sexta ou a madrugada podem não serem os melhores horários para o envio de um e-mail, com o risco de que as mensagens acabem não lidas, soterradas em meio a outras. A Google, entretanto, parece disposta a resolver essa questão com uma atualização para o Gmail, que deve permitir o agendamento de envios.

O sistema deve trabalhar de forma semelhante à recém-lançada função de adiamento de mensagens — fazendo com que e-mails desapareçam da caixa de entrada e retornem a ela em um horário determinado, quando o usuário pode abordar os assuntos tratados. A ideia é que o envio possa ser agendado para uma data e hora específica, chegando ao destino em um momento mais apropriado para leitura e resposta.

Menções bastante claras à funcionalidade apareceram na mais recente versão do app do Gmail para o sistema operacional Android. Analisada pela imprensa internacional, a edição 8.7.15 da plataforma faz menção direta a um recurso chamado “Schedule send”, que, como o nome em inglês indica, permitiria o agendamento do envio de um e-mail. A opção apareceria no menu de escrita de e-mails, com sugestões de data e hora ou a possibilidade de customização completa pelo usuário.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

As citações, entretanto, aparecem somente no código-fonte , sendo que o recurso ainda não está funcionando no aplicativo. Como aconteceu em recursos desse tipo liberados no passado, o site Android Police, responsável pela descoberta, especula que a novidade deve chegar em breve e não de maneira exclusiva, chegando também aos usuários do iOS e da interface web.

Como apontou o veículo, entretanto, a presença de citações a novidades em códigos-fonte nem sempre indicam que uma aplicação prática dos recursos está próxima. Os indícios podem representar testes de recursos ou intenções de aplicação ainda em desenvolvimento, podendo ser canceladas ou deixadas de lado por diferentes motivos, seja de funcionamento ou mudança de foco por parte da equipe do Gmail.

Aos usuários, resta esperar e torcer para que a novidade, bastante útil, principalmente, no ambiente corporativo, veja a luz do dia.

Fonte: Android Police

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.