França lança aplicativo para alertar usuários em caso de ataques terroristas

Por Redação | 08 de Junho de 2016 às 10h11

A apenas dois dias do início da Eurocopa 2016, a França lançou um novo aplicativo que tem como objetivo alertar a população sobre eventuais ataques terroristas durante o campeonato. Em diversas ocasiões, o país recebeu ameaças do Estado Islâmico sobre potenciais ataques terroristas durante o evento futebolístico, elevando a preocupação das autoridades de segurança no país e em toda a Europa.

Chamado de SAIP, o app pode ser baixado gratuitamente em inglês e francês e irá emitir alertas "em caso de uma suspeita de ataque", conforme explicou o Ministério do Interior. Além disso, o software será um acréscimo aos habituais dispositivos de alertas, como sirenes e as instruções das forças de segurança.

Os alertas sobre "acontecimentos inesperados" serão emitidos com base na geolocalização do usuário. Com isso, a intenção das autoridades é avisar a maior quantidade possível de pessoas sobre os incidentes num período máximo de apenas 15 minutos. Os alertas, segundo o Ministério do Interior, serão personalizados dependendo da exata localização em que o usuário se encontra.

SAIP

O SAIP também permitirá que os usuários possam monitorar os alertas em oito zonas geográficas distintas, possibilitando que eles vejam como está a situação de locais onde se encontram seus familiares e amigos. Outra funcionalidade do serviço são as dicas de como se manter em segurança caso um ataque terrorista aconteça.

Ainda que o serviço possa trazer uma maior segurança ao povo francês e aos turistas que chegarão ao país para acompanhar a Euro 2016, o aplicativo divide opiniões, sendo que muitas pessoas acreditam que a novidade não as deixarão mais seguras. "Não é muito reconfortante, mas é útil", afirmou um usuário no Twitter. Assim como o governo francês, as autoridades britânicas e norte-americanas alertaram os turistas que viajarão para a França sobre os "potenciais alvos de ataques terroristas", que incluem estádios, centros esportivos e outros.

Via Reuters

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.